Já são conhecidos os 18 convocados pelo seleccionador nacional, para os confrontos decisivos que opõem Portugal à Hungria e à Rússia, respectivamente no dia 10 de Junho, em Santo Tirso e no dia 14 de Junho, em Moscovo. As grandes novidades na convocatória foram a chamada aos eleitos de Pedro Seabra Marques, atleta do Liberty Seguros - ABC/UMinho que não fazia parte da pré-convocatória realizada pela equipa técnica, e  o regresso de Tiago Rocha, atleta dos vice-campeões polacos do Orlen Wisla Plock, recentemente operado a uma das mãos e que naturalmente não estará ainda na melhor forma, para ajudar a equipa nestes dois confrontos. Destaque também para a ausência de Wilson Davyes, central dos Franceses do HBC Nantes, actual sexto classificado da Liga Profissional e uma das mais fortes do mundo.

Publicidade
Publicidade

Assim os 18 eleitos são: Ricardo Candeias (GR), Alfredo Quintana (GR), Fábio Antunes, Hugo Santos, António Areias, Pedro Portela, Bruno Moreira, Ricardo Pesqueira, Tiago Rocha, Gilberto Duarte, Fábio Magalhães, Bosko Bjelanovic, Nuno Pereira, Tiago Pereira, Nuno Roque, Pedro Marques, João Ferraz e Pedro Spínola.

A equipa das quinas irá iniciar o estágio já esta quinta-feira concentrando-se na cidade de Santo Tirso, onde irá defrontar, no dia 10 de Junho, pelas 20h15, a equipa da Hungria. Os magiares contam com algumas estrelas do andebol europeu como por exemplo, com o recentemente vice-campeão europeu pelos Húngaros do Veszprém, o lateral direito Lásló Nagy.

Só a vitória interessa a Portugal que neste momento se encontra em segundo lugar do grupo 5, com 4 pontos, mais 2 que a Rússia que tem menos um jogo e menos 4 que a Hungria primeira classificada do grupo.

Publicidade

Só se apuram para o campeonato europeu os dois primeiros classificados do grupo e o melhor terceiro qualificado de todos os grupos.

Classificação Grupo 5 de Apuramento para o Campeonato Europeu de 2016:

1º - Hungria: 8 pontos (4 jogos/4 vitórias)

2º - Portugal: 4 pontos (4 jogos/2 vitórias/2 derrotas)

3º - Rússia: 2 pontos (3 jogos/1 vitória/2derrotas)

4º - Ucrânia: 0 pontos (3 jogos/3 derrotas)  #Andebol