O extremo direito Belone Moreira, internacional português pelas camadas jovens, foi anunciado como reforço do SL Benfica para a próxima temporada. O jovem estudante de Medicina, de 25 anos, dá assim um passo de gigante na sua carreira, transferindo-se para um dos clubes mais importantes do #Andebol português. O reforço dos lisboetas fez toda a sua formação na equipa do NAAL Passos Manuel, até se transferir, ainda na idade de júnior, para a equipa do Belenenses na época de 2008/2009. Representou durante cinco épocas os azuis do Restelo no escalão máximo do andebol nacional, mas na época passada regressou ao clube onde deu os primeiros passos no andebol.

No ano passado ajudou o Passos Manuel a assegurar a manutenção na 1ª divisão de andebol e na época transacta contribuiu de forma decisiva para que o Passos de Manuel se apurasse para o play off, ajudando os lisboetas a obter o 7º lugar no Campeonato Andebol Fidelidade 1 2014/2015.

Em declarações à #Benfica TV, o vice-campeão europeu júnior em 2010 afirmou que estava bastante contente pela nova etapa e pelo novo projecto e feliz por estar num grande clube. Mostrou-se ainda ansioso por começar a nova temporada e conquistar títulos pelo novo clube.

O que é certo é que Belone Moreira, um canhoto que joga na posição de extremo direito, mas também ocupa com grande eficácia a posição de lateral-direito, apesar de medir "apenas" 1,80 m, impressionou o treinador espanhol Mariano Ortega e levou o clube de Lisboa a contratar mais um jogador para este posto específico, onde já contava com António Areia, Davide Carvalho (renovou até 2019) e Flávio Fortes. Recorde-se que, no ano passado, Belone Moreira ajudou Portugal a conquistar, pela primeira vez, o Campeonato Mundial Universitário que se realizou em Guimarães e que trouxe a Portugal as melhores equipas mundiais universitárias masculinas e femininas.

Belone Moreira é o quarto reforço do SL Benfica para a próxima época, depois de já ter anunciado as contratações do lateral-esquerdo brasileiro Uelington da Silva Ferreira, do guarda-redes macedónio Nikola Mitrevski e do pivot croata de 2,04 m e 120 kg, Dragan Vrgoc.