O arqueiro Domingos Repas, do Centro de Cultura e Desporto Sintrense, foi o primeiro apurado para o Campeonato do Mundo do Tiro com Arco português e é considerado pelo selecionador nacional da modalidade, Adriano Dias, como "a grande esperança em termos de uma possível obtenção de qualificação para os jogos Olímpicos". Na sequência da primeira parte da entrevista de Adriano Dias, aproveitamos o momento para perceber como podem as pessoas ter acesso a este tipo de desporto pouco divulgado em Portugal, e uma breve referência ao campeonato nacional que "processa-se numa qualificação de quatro provas. As pessoas competem ao longo do campeonato e as suas três, quatro, melhores pontuações, são as que contam" e onde também são batidos recordes nacionais e de apuramento para o campeonato do mundo em Julho na Dinamarca.

Publicidade
Publicidade

Qual o arqueiro já apurado?

Temos um arqueiro que se apurou e estão outros a tentar, porque têm de fazer mínimos para o conseguir. Neste momento temos o Domingos Repas do Centro de Cultura e Desporto Sintrense que conseguiu a qualificação para o Campeonato do Mundo e é a grande esperança em termos de uma possível obtenção de qualificação para os Jogos Olímpicos.

Como funcionam as provas?

O esquema das provas é similar em todas, portanto, nós temos uma hora de chegada que ronda normalmente entre as 08h30 e as 09h00. Às 09h00 há uma revisão de material. Os árbitros vão verificar se os equipamentos dos arqueiros cumprem as regras. Depois é feito aquecimento livre durante meia hora, em que as pessoas atiram nos seus bastidores de competição em várias séries e de seguida temos duas fases distintas de competição.

Publicidade

A primeira fase decorre durante a manhã e termina por volta das 13h00, em que os arqueiros atiram para um alvo e contabilizam os pontos num somatório que depois se lhes dá um ranking. Desses atletas são escolhidos os oito primeiros por escalão que vão competir entre si na fase de eliminatórias.

Há algum requisito especial durante o período de aquecimento?

Este é um desporto demasiado técnico em termos pessoais. Já não falo só na execução técnica, mas a mente e o corpo das pessoas tem de estar desperta para isto. É sempre necessário quando há uma paragem mais prolongada, que é o caso da hora de almoço, em que as pessoas tenham novamente a oportunidade de dar uns tiros para que o corpo volte novamente a sintonizar-se com a atividade e a cabeça se volte a focar no objetivo para que voltem a competir com um nível superior.

Qual a possibilidade de experimentação do tiro com arco?

Sou professor de Tiro com Arco. Temos material de iniciação para as pessoas que queiram experimentar a modalidade, que estão convidadas a fazê-o às terças e sextas-feiras a partir das 19h30 no pavilhão da Escola Soeiro Pereira Gomes, em Alhandra.

Publicidade

Basta dirigirem-se lá. Nós proporcionamos à pessoa quatro aulas em que não terão de se inscrever. Podem experimentar. Caso tenham realmente interesse, podem inscrever-se na Sociedade Euterpe Alhandrense em Alhandra. #Vida Saudável #Desportos Radicais #Jovens