Correndo contra os melhores do mundo, André Sobreiro conseguiu alcançar um duplo terceiro lugar, no Paracycling Bizkaiko Bira 2015, prova disputada na cidade basca de Bilbau. Este fim-de-semana o atleta lacobrigense conseguiu dar mais um passo rumo ao seu sonho: participar numa competição paralímpica. Na prova de contra-relógio, que se efectuou no sábado, André Sobreiro alcançou o terceiro lugar, ficando a menos de um minuto do segundo classificado. Já este domingo, na prova em linha, numa prova de 40 km, efectuados num circuito com certa de 10 kms de distância, voltou a conquistar mais um brilhante terceiro lugar.

Na sua página de Facebook chamada Para Realizar um Sonho, o atleta lacobrigense afirma que "sendo este um resultado (terceiro lugar no contra-relógio) bastante positivo e superando as minhas espectativas, o objetivo para esta corrida mais longa seria então alcançar a segunda posição, mas de forma controlada para não cair em demasiada ambição e acabar por perder a terceira posição!"

Na prova em linha, André Sobreiro andou a pedalar no terceiro lugar com olhos no segundo lugar: "Juntei-me com o segundo classificado e fizemos um corrida juntos, num ritmo forte, mas nos últimos quilómetros o meu adversário estava mais forte e após responder a alguns ataques, acabei por ceder, acabando com cerca de mais ou menos 30 segundos", revelou.

Publicidade
Publicidade

O atleta agradece, mais uma vez, às entidades que estão na capa da página de Facebook Para Realizar um sonho: "Para eu estar aqui a competir no estrangeiro só foi possível graças ao apoios deles". Numa referência aos apoios financeiros, o lacobrigense, desde Espanha, escreve que "só é possível alcançar o sonho Para realizar um sonho em qualificar-me para Paralímpicos se tiver melhores condições financeiras para poder estar a competir neste tipo de provas internacionais pontuáveis, bem como ter a oportunidade em estar nas Taças do Mundo, onde aí também poderei tirar referências sobre o meu andamento em relação a atletas do top do Ranking".

Finalizando o seu post, André Sobreiro sente que deixa, no dia de hoje, "a demonstração que é possível pontuar para o Ranking Mundial, agora também é preciso dar continuidade ao trabalho e desenvolvimento que tem sido feito até aqui", precisando de apoios para voltar a competir no estrangeiro.

Publicidade

O paraciclista lacobrigense regressa esta segunda-feira a Portugal. #Ciclismo