Os últimos meses foram verdadeiramente de loucos para José Costa. O pivô português passou de uma lista de dispensados do Benfica para um dos melhores clubes do mundo. O andebolista de Braga confirmou, na quarta-feira, 26 de Agosto, toda a felicidade, após assinar com o Montpellier, uma das melhores equipas do campeonato francês, que volta a participar na Liga dos Campeões. A notícia foi divulgada na página de Facebook do atleta e no jornal Record. Aos 31 anos, José Costa prepara-se para viver o capítulo mais importante de uma carreira já muito recheada, mas em que faltava ainda essa participação europeia ao mais alto nível. 

José Costa é um indiscutível nos planos da selecção nacional há já vários anos.

Publicidade
Publicidade

Foi um caso de sucesso desde muito jovem, fazendo impor o seu físico possante entre os defesas rivais. Formado no ABC de Braga, a exemplo do irmão Bruno, o mais jovem dos irmãos Costa foi o que chegou mais longe. Deixou Braga para tentar o sonho europeu, mas uma lesão nas costas e joelhos começou a travar-lhe o ímpeto. Fez uma época no Pilotes Posada, de Espanha e regressou a Portugal. Seguiram-se cinco épocas do #Benfica, de onde saiu pela porta pequena. 

José Costa fez parte de uma lista de dispensados do treinador Mariano Ortega. Depois de terminar o campeonato em terceiro lugar, e de atingir as meias-finais da Taça Challenge e Taça de Portugal, o treinador espanhol quis "despachar" alguns atletas, para espanto de muitos. A exemplo de Carlos Carneiro ou Cláudio Pedroso, José Costa teve que fazer pela vida e procurar novo clube. 

O jogador ainda tentou um regresso ao ABC de Braga, possibilidade que pairou durante algumas semanas. O jogador é muito querido no clube e na cidade, mas as conhecidas dificuldades financeiras do ABC não terão permitido garantir dois pivôs do nível de José Costa e Ricardo Pesqueira. 

Gorada esta investida, o jogador acabou por conseguir um contrato de uma época, com mais uma de opção, com o Montpellier e, tal como Tiago Rocha (Wisla Plock) e o FC Porto, vai disputar a Liga dos Campeões.

Publicidade

O jogador esteve vinte dias a treinar no clube francês e conseguiu convencê-los a avançar para a assinatura de contrato. Aconteceu nesta quarta-feira e o jogador revelou a felicidade na sua página de Facebook.  #Andebol