João Sousa alcançou ontem, dia 3 de setembro, uma estrondosa vitória na primeira ronda do quadro de pares do US Open, ao bater os campeões de Wimbledon em 2014, os 11º cabeças-de-série Vasek Pospisil e Jack Sock. O vimaranense, que faz dupla com o argentino Leonard Mayer, venceu os jovens tenistas num duro embate a três sets e teve de enfrentar dois match points. Ainda não são conhecidos os adversários da próxima ronda do torneio. 

Apesar de não ter sido feliz na variante de singulares, o tenista português mantém-se em competição na variante de pares do último Grand Slam da temporada, onde faz dupla com o argentino Leonard Mayer.

Publicidade
Publicidade

Os dois tenistas protagonizaram o que pode ser considerado como a grande surpresa do dia no quadro de pares, ao eliminarem os favoritos Vasek Pospisil e Jack Sock, uma dupla que em 2014 se sagrou campeã em Wimbledon.

Foi um encontro extremamente equilibrado e que foi decidido em três partidas. De acordo com o Jornal Record, a dupla constituída pelo português e pelo argentino começou por perder o primeiro set por 6-4, mas não baixou os braços perante os favoritos e arrancou a ferros uma vitória no tie-break do segundo set, com parcial de 8-6. Na última e decisiva partida Sousa e Mayer voltaram a superiorizar-se e puseram um ponto final no encontro com um parcial de 7-5. Pelo caminho a dupla teve ainda de salvar dois match points.

Esta é a primeira vez que João Sousa e Leonard Mayer jogam enquanto dupla.

Publicidade

Na segunda ronda do US Open o português e o argentino vão defrontar os vencedores do encontro entre as duplas Frederico Delbonis/Diego Schwartzman e Martin Klizan/Lukas Rosol.

Eliminado na primeira ronda em singulares

O português mantém-se em competição em Nova Iorque, mas as coisas não correram tão bem quanto o desejado na variante de singulares. O vimaranense não resistiu ao embate da primeira ronda frente ao lituano Ricardas Berankis e viu assim o sonho de poder chegar mais longe no torneio norte-americano ir por água abaixo.

João Sousa mostrou ainda assim o seu espírito aguerrido e combativo ao empatar a partida depois de recuperar de uma desvantagem de dois sets a zero. No entanto, no tie-break do quinto e decisivo set o português acabou por claudicar e deixar escapar a vitória. O encontro terminou com os parciais de 6-2/6-2/4-6/2-6/7-6(4). #Ténis