Sabia-se à partida que a missão do #Sporting era muito complicada. Mesmo depois de na semana passada ter vencido por 2-0, não se esperavam facilidades na deslocação a Espanha para a segunda mão. Com efeito, o FC Barcelona foi mais forte e venceu por 5-1, conquistando assim a Taça Continental de #Hóquei em Patins, equivalente à Supertaça europeia de futebol. O resultado agregado das duas mãos foi de 5-3.

Se à partida não havia dúvidas que o Barcelona, vencedor da Liga Europeia, era favorito para a discussão da Taça Continental frente ao Sporting, vencedor da Taça CERS, a vitória por 2-0 da equipa comandada por Nuno Lopes na primeira mão da final veio baralhar um pouco as contas. No entanto, no jogo deste sábado, disputado no mítico Palau Blaunegra, em Barcelona, a equipa "Culé" foi sempre mais forte e justificou plenamente a vitória na competição.

Publicidade
Publicidade

Em desvantagem no marcador, a equipa de Ricardo Muñoz desde cedo pressionou o Sporting e colocou-se em vantagem logo aos 12 minutos, com Ordoñes a passar por vários adversários e, com classe, a fazer o 1-0. Aos 20 minutos, novo golo para o Barcelona, através de Costa, com um remate de muito longe a fazer o 2-0 e a empatar a eliminatória. A pressão aumentava para o Sporting e ainda antes do intervalo, Lamas, num remate de longe, vai fazer o 3-0 e colocar os espanhóis pela primeira vez na frente da eliminatória.

Na etapa complementar, e apesar de alguma reacção do Sporting, vai ser novamente o Barcelona que vai ampliar a vantagem. Aos 33 minutos, Gual faz o 4-0, na marcação exemplar de um livre, sem hipóteses de defesa para Girão, e aos 43 minutos, Panadero faz o 5-0, num lance em que Girão ainda conseguiu a defesa, mas a bola acabou por se escapar e entrar na sua baliza.

Publicidade

Apesar dos números desfavoráveis, o Sporting continuava a fazer pela vida, e já no último minuto de jogo, João Pinto marca o tento de honra para a equipa leonina, estabelecendo o resultado final em 5-1, num resultado que garantia ao Barcelona a conquista da Taça Continental.

Apesar da derrota, o Sporting deixou uma boa imagem frente àquela que é, há vários anos, considerada a equipa de hóquei em patins mais forte do mundo. Já depois de ter ganho a Supertaça frente ao SL Benfica, voltou a mostrar que este ano há mais um candidato na disputa do campeonato nacional de Hóquei em Patins.