João Sousa apurou-se esta quinta-feira, dia 29 de Outubro, para os quartos-de-final do torneio ATP250 de Valência. No jogo da segunda ronda do torneio espanhol, o número 1 português mandou para casa mais cedo o 21.º jogador do ranking ATP, o francês Benoit Paire. O vimaranense foi forçado a jogar três partidas, mas acabou por levar de vencida Paire pelos parciais de 6-3 2-6 e 6-3. Na próxima eliminatória João Sousa irá defrontar o uruguaio Pablo Cuevas.

Benoit Paire partia à partida como favorito à vitória no encontro da segunda ronda do torneio de Valência, dado ser o jogador mais cotado e defender o estatuto de quinto cabeça-de-série do torneio.

Publicidade
Publicidade

Mais uma vez, João Sousa conseguiu surpreender e impôs-se ao seu adversário, tendo no entanto sido forçado a jogar três partidas, ao longo de 1 hora e 48 minutos. O encontro terminou com uma vitória do vimaranense com os parciais de 6-3 2-6 e 6-3.

No primeiro set João Sousa partiu cedo em busca de um bom resultado e superiorizou-se ao seu adversário, quebrando em duas ocasiões o seu serviço. Ainda assim o francês devolveu um dos breaks do português, mas foi Sousa quem acabou mesmo por levar de vencido o primeiro set por 6-3.

No segundo set a história foi bem diferente e a ter de ir atrás do resultado, Benoit Paire conseguiu tornar a sua pancada de primeiro serviço mais eficaz. Coube a João Sousa passar por dificuldades em segurar os seus jogos de serviço. O francês quebrou o saque de Sousa em três ocasiões e mesmo com um contra-break do português a segunda partida terminaria com um 6-2 a favor de Paire.

Publicidade

A decisão do encontro seguia para uma terceira partida. Com uma subida da percentagem de primeiros serviços, João Sousa voltou a ser senhor dos seus jogos de serviço, fundamentais para levarem o português até à vitória no terceiro set por 6-3.

O vimaranense de 26 anos já conhece o seu adversário dos quartos-de-final. Trata-se do uruguaio Pablo Cuevas, o número 33 do mundo e carrasco de Sousa na final de 2014 na final do torneio de Baastad, na Suécia. #Ténis