O cabo-verdiano Flávio Fortes está de saída do #Benfica. O jogador de 23 anos sai imediatamente antes de o Benfica entrar na fase das grandes decisões. Com a rescisão acertada com o clube, Flávio Fortes vai para a equipa do Ángel Ximénez (Puente Genil) da Liga Asobal, principal campeonato espanhol, considerado como um dos melhores do mundo. A informação foi deixada pelo Benfica no sítio oficial do clube e acabou por apanhar a todos de surpresa. 

No comunicado, o Benfica não refere qualquer contrapartida financeira pela cedência dos serviços do jogador de 23 anos, sempre considerado muito multifacetado. Flávio tanto pode jogar como lateral-direito como mais adiantado, na ponta-direita. 

A iniciativa de rescisão de contrato terá partido do internacional cabo-verdiano, que espreita assim a primeira grande oportunidade, na ainda curta carreira, de jogar num dos mais entusiasmantes campeonatos de #Andebol.

Publicidade
Publicidade

Flávio começou a jogar em Cabo Verde, onde deu nas vistas ao serviço do Batuque, de São Vicente. Com 18 anos estreou-se na selecção principal de Cabo Verde, sendo ainda o mais jovem a estrear-se com a camisola principal. 

Com 19 anos chegou a Portugal, jogando ainda na formação do Benfica, nos Juniores e na equipa B, até chegar à equipa principal das "águias". Entretanto, esteve emprestado ao Belenenses, regressando na última época ao Benfica, daí que esta nova cedência seja algo surpreendente. 

No comunicado, o Benfica salienta que garantiu o "direito de preferência" sobre o atleta, em caso de regresso ao campeonato português, mas a imprensa espanhola informa que o jogador assinou somente até ao final da presente temporada. 

O jogador até parecia ganhar influência na equipa de Mariano Ortega e sai numa fase crucial, quando a equipa deverá ter muitos jogos.

Publicidade

Recorde-se que o Benfica é a única equipa portuguesa ainda a competir em três provas: campeonato, Taça de Portugal e Taça Challenge. 

O campeonato português entra agora na fase do play-off e o Benfica tem já na primeira eliminatória um duro teste. Depois de terminar a fase regular na quarta posição, o Benfica vai enfrentar o quinto classificado, Madeira SAD, em eliminatória à melhor de três, ou seja, o vencedor precisa de vencer dois encontros para seguir em frente, para as meias-finais. 

Na Taça de Portugal e na Taça Challenge o Benfica tem presença assegurada nos quartos-de-final. 

Que lhe parece a decisão do Benfica em libertar o jogador nesta fase tão importante da época? Acham que fez bem ou que pode comprometer as aspirações? Comentem.  #Mercado de Transferências