Está no FC Porto há cinco anos e soma títulos de campeão nacional em todas as épocas em que participou. Aos 28 anos, prepara-se para iniciar a meia-final de mais um campeonato que o FC Porto vai dominando, com a certeza de que a história está longe de acabar. Alfredo Quintana está fora das opções de Ricardo Costa (por lesão), mas foi acarinhado com o prolongamento da sua ligação ao FC Porto. O guarda-redes luso-cubano assinou por mais quatro épocas com os "dragões", prolongando o contrato até 2020.

No início da meia-final frente ao #Benfica, Quintana estará de fora, após uma cirurgia a uma rutura do baço em dois tempos, com traumatismo e rompimento, a que foi submetido a 16 de Fevereiro.

Publicidade
Publicidade

O atleta já está a treinar no ginásio com os colegas e acredita que ainda poderá regressar na parte final da época, para ajudar a equipa. Para já, Hugo Laurentino será a principal aposta para a baliza do FC Porto. 

Depois de um momento de azar, que está a retirar o luso-cubano de campo, Quintana pode sorrir com a extensão contratual. O guarda-redes foi o primeiro dos cubanos a ingressar no FC Porto. Depois dele, outros se seguiram e conta já com a companhia dos compatriotas Alexis Hernandez, Daymaro Salina e Cuni Morales na equipa principal do FC Porto. 

Desde que chegou ao Dragão tem merecido a confiança dos treinadores, primeiro de Ljubomir Obradovic e nesta época de Ricardo Costa, mas o destaque na baliza portista valeu-lhe ainda a chegada à selecção nacional. Alfredo Quintana naturalizou-se português e há duas épocas que está a defender as cores lusitanas, sob as ordens de Rolando Freitas. 

Com Hugo Laurentino, tem dividido as despesas de assumir a baliza portista, fazendo muitas vezes a diferença e valendo bons resultados para a equipa que detém a hegemonia do #Andebol português há sete épocas. 

Nesta quarta-feira, dia 16 de Março, pelas 21h00, o FC Porto inicia mais uma fase decisiva.

Publicidade

Numa época em que vai dominando novamente o campeonato nacional, o FC Porto soma já 24 vitórias consecutivas e ainda não sofreu qualquer derrota no campeonato. No Dragão Caixa, os "dragões" recebem o Benfica, no primeiro jogo da meia-final do play-off da prova. Para chegar à final, as equipas precisam de vencer três jogos.  #F.C.Porto