O FC Porto está em vias de concretizar mais uma transferência mediática para o campeonato português de #Andebol. De acordo com o jornal O Jogo, o FC Porto vai reforçar-se para a próxima época com o extremo-esquerdo espanhol José Mario Carrillo. O atleta tem 25 anos e tem sido nas últimas duas épocas um dos melhores marcadores da Liga Asobal. O jogador espanhol deverá chegar ao Dragão a custo zero, depois de se ter despedido, no passado dia 19 de Fevereiro, do clube de sempre, Ademar Leon, referindo que vai sair na próxima época. 

Um dos melhores da Asobal

José Mario Carrillo é um dos jogadores mais influentes do Ademar Leon, clube que ainda no ano passado enfrentou o FC Porto na Taça EHF.

Publicidade
Publicidade

A eliminatória foi favorável à equipa portuguesa e Carrillo foi mesmo o melhor marcador da equipa rival, ao apontar 13 golos nos dois encontros. O FC Porto seguiu em frente na prova e terá ficado atento ao ponta espanhol. 

Nas duas últimas épocas em Espanha o atleta provou enorme regularidade, ao apontar 179 golos nas duas edições de um dos mais conceituados campeonatos. Em 2013/14 foi o segundo melhor marcador do campeonato e em 2014/15 foi mesmo o melhor marcador da prova. 

Aos 25 anos, o jogador parece preparado para mudar de ares e deixar o clube de sempre para rumar a um clube mais competitivo, que lhe permita disputar outras conquistas. Nesse cenário, a saída de Espanha será o mais provável, uma vez que no país vizinho as competições internas sofrem o domínio avassalador do Barcelona nas últimas épocas.

Publicidade

O FC Porto parece o destino mais provável para continuar a demonstrar todo o seu génio. 

Veja o golo soberbo, após remate em "rosca"

Jordan Pitre de saída e um problema à esquerda

Com a chegada de Carrillo, a saída do francês Jordan Pitre será o cenário mais provável. O jogador de 23 anos tarda a impor-se no plantel, numa das posições que serão menos fortes na equipa que vai dominando o campeonato nacional há oito anos, consecutivamente. 

Hugo Santos e Pitre são os dois pontas-esquerdo do plantel, mas é o jovem português a ter mais minutos de jogo e o francês, que chegou esta época ao Dragão, poderá sair já na próxima época. 

Curiosamente, os clubes costumam ter menos soluções para a ponta-direita, uma vez que aparecem menos jogadores esquerdinos, mas o FC Porto debate-se com o problema oposto e, após a saída do dinamarquês Mick Schubert, tem tido mais dificuldades neste flanco. Do outro lado, o capitão Ricardo Moreira e o reforço António Areia estão a revelar-se mais eficazes.  #F.C.Porto #Mercado de Transferências