O mundo do wrestling despede-se de uma das primeiras mulheres a fazer parte do universo do WWE. Chyna faleceu ontem, 20 de Abril, aos 46 anos. Joanie Laurer, mais conhecida por Chyna, foi encontrada morta na sua residência, em Redondo Beach, no estado da Califórnia, #EUA.

A notícia chegou aos fãs através de uma publicação na sua página oficial do Twitter, feita por um membro da sua equipa. Félix, membro da equipa da falecida, escreveu: "É com profunda tristeza que vos informamos que hoje perdemos um verdadeiro ícone, um super-herói da vida real". A confirmação da sua morte foi mais tarde dada pelo agente de Chyna, Anthony Anzaldo, ao Radar Online, segundo o Diário de Notícias.

Numa entrevista à ABC, Anthony Anzaldo confirmou que ainda se desconhece qual terá sido a causa da morte da "nona maravilha do mundo" (como era conhecida), mas que a ex-lutadora tomava comprimidos, receitados por um médico, porque sofria de insónias e devido a problemas de ansiedade. Porém, até ao momento nada indica que a sua morte tenha sido devido a estes medicamentos. 

Chyna teve uma carreira marcante no World Wrestling Federation (WWF), fez alguns trabalhos como actriz pornográfica e posou duas vezes para a revista Playboy, cujas capas foram das mais vendidas. A ex-lutadora teve uma infância turbulenta, tinha problemas em casa devido ao vício dos seus pais com o álcool e a própria acabou por ter problemas com drogas, já na idade adulta. 

De acordo com o Jornal de Notícias, para fugir aos problemas que tinha em casa Chyna viu o ginásio como refúgio. Sentindo-se confortável no ambiente do #Fitness, decidiu participar em competições, onde teve sucesso. No entanto Chyna só ficou realmente conhecida quando foi descoberta por Triple H e Shawn Michaels, lutadores da WWE.

No ano de 1997 Chyna entrou no universo de WWE, desempenhando o papel de guarda-costas de Triple H, mas isso não fazia com que a lutadora se restringisse apenas a ser guarda-costas. Muitas vezes a "nona maravilha do mundo" entrava em confronto com outros lutadores para defender o patrão.

Ela, Triple H e Shawn Michaels entretinham os fãs, denominando-se como D-Generation X. Chyna foi a primeira mulher a entrar no Royal Rumble e a primeira a conquistar o título Intercontinental.

Durante muitos anos a lutadora fez sucesso na WWF, mas devido a um desentendimento com a empresa retirou-se e foi lutar para o Japão. #Famosos