Está ao rubro a decisão para o campeão nacional de #Andebol de 2015-2016. Depois de no sábado passado o ABC ter vencido em Braga o #Benfica, esta quarta-feira, e a jogar no pavilhão da Luz, os "encarnados" foram superiores e venceram por 28-25, empatando assim a final.

Nem o Benfica nem o ABC eram no início de época apontados como favoritos a vencer o campeonato nacional de andebol. O favoritismo estava claramente no FC Porto, crónico campeão, e no Sporting, equipa que na última temporada conseguiu incomodar o domínio azul. Apesar disso, pé ante pé, SL Benfica e ABC, foram derrotando os seus adversários e seguindo em frente na competição, acabando por conquistar um justo lugar na final.

Primeiro o SL Benfica eliminou o FC Porto com um parcial de 3-1 e o ABC derrotou a equipa do Sporting, tendo sido necessário recorrer à "negra", em que a equipa de Braga foi mais forte e venceu.

Agora na final, o ABC começou melhor e no passado sábado recebeu e venceu o SL Benfica por 40-38, num jogo onde a nota dominante foi o equilíbrio, tendo sido necessário recorrer a dois prolongamentos. Em vantagem, o ABC deslocou-se na quarta-feira (11 de Maio) a Lisboa, com a certeza de que uma vitória seria um passo gigante para a conquista do título.

Mas na noite passada tudo foi diferente e, com um pavilhão da Luz bem composto, o SL Benfica entrou melhor no jogo e pé ante pé foi ganhando vantagem. Ao intervalo o Benfica já ganhava por 15-10. Mas o ABC não se rendia e, apesar de o Benfica ter mesmo chegado aos parciais de 23-14 (a maior vantagem no jogo, 9 golos de diferença), a equipa de Braga procurou sempre discutir o jogo e com muita luta e união conseguiu uma aproximação no resultado, não sendo no entanto suficiente para contrariar a vitória do SL Benfica, que acabou por vencer justamente por 28-25.

Tiago Ferro foi o melhor marcador dos encarnados, com cinco golos, mas os melhores da partida até foram minhotos: Hugo Rocha e Diogo Branquinho apontaram seis tentos cada. Empatada a final, dia 25 de Maio há novo "tira-teimas", desta vez em Braga.