Resumo do Espanha, 5 - Portugal, 4

A Espanha acaba assim por conquistar o seu 17.º Mundial de #Hóquei em Patins numa final dramática. Os espanhóis chegaram ao intervalo a vencer por 2-0 graças a dois golos apontados por Casanovas e Adroher, mas Portugal entrou bem na segunda parte e em três minutos chegou ao empate, Hélder Nunes e Gonçalo Alves fizeram os golos. A meio da segunda parte Lamas coloca a Espanha a vencer por 3-2, resultado que se manteve até ao último segundo, altura em que Hélder Nunes fez o 3-3 na sequência de um livre direto.

No prolongamento, Portugal a dois segundos do fim poderia ter vencido, mas o remate de Diogo Rafael acabou por ir ao poste da baliza espanhola.

Publicidade
Publicidade

No desempate por grandes penalidades, a Espanha foi mais eficaz e venceu por 2-1. Marín e Casanovas marcaram para a Espanha, João Rodrigues marcou para Portugal.

Confira em baixo a classificação final deste Mundial:

1º Espanha

2º Portugal

3º Argentina

4º Itália

5º Angola

6º Colômbia

7º Chile

8º Moçambique

9º França

10º Alemanha

11º Holanda

12º Áustria

13º África do Sul

14º Macau

15º E.U.A.

16º Egito

A Espanha vence nas grandes penalidades.

Final do jogo. Espanha, 5 - Portugal, 4.

2-1. GOLO! Casanovas dá a vitória à Espanha.

1-1. Falha Gonçalo Alves. A Espanha se marcar vence.

1-1. GOLO! Marín empata o jogo.

0-1. Falha Gonçalo Alves o 4.º penalti de Portugal.

0-1. Falha Adroher, mantém-se o 0-1 a favor de Portugal.

0-1. GOLO! João Rodrigues adianta Portugal no marcador.

0-0. Bargalló a falha o 2.º penalti da Espanha.

Publicidade

0-0. Hélder Nunes falha o 2.º penalti de Portugal.

0-0. Marin também não marca.

0-0. Reinaldo não marca.

Portugal vai ser a primeira equipa a marcar.

Final do prolongamento. Espanha, 3 - Portugal, 3. O jogo avança para as grandes penalidades.

00:02' – Diogo Rafael acerta no poste! Por pouco que não se deu o 3-4.

01:53' – As equipas jogam pelo seguro e atacam com menos intensidade.

Início da 2.ª parte do prolongamento. Sai a Espanha com a bola.

Intervalo no prolongamento. Espanha, 3 - Portugal, 3.

02:53' - Portugal tem nove faltas, a Espanha seis.

Início do prolongamento. Sai Portugal com a bola.

Final do jogo. Espanha, 3 - Portugal, 3. O jogo avança para prolongamento.

00:01' - GOLO DE PORTUGAL! Hélder Nunes falha à primeira, mas marca na recarga!

00:04' - Cartão azul para Bargalló. Livre direto para Portugal.

00:08' - A Espanha não converte o livre direto.

00:10' - Cartão azul para Ângelo Girão. Livre direto para a Espanha.

01:53' - Timeout para Portugal.

05:01' - Portugal tenta, mas a Espanha mostra-se perigosa no contra-ataque.

Publicidade

10:32' - GOLO DA ESPANHA! Lamas coloca os espanhóis novamente em vantagem.

12:01' - Seis faltas para Portugal, cinco para a Espanha.

14:25' - Marín não converte o livre direto, a Espanha joga em powerplay.

14:30' - Cartão azul para Reinaldo Ventura por falta dura sobre Lamas. Livre direto para a Espanha.

16:47' - Cinco faltas para Portugal, quatro para a Espanha.

20:52' - GOLO DE PORTUGAL! Gonçalo Alves aproveita o powerplay e empata o jogo.

22:05' - Hélder Nunes não converte o livre direto, Portugal joga agora em powerplay.

22:10' - Cartão azul para Adroher por derrube a Gonçalo Alves quando este ia para a baliza. Livre direto para Portugal.

23:52' - GOLO DE PORTUGAL! Marca Hélder Nunes numa sticada de meia-distância.

Início da segunda parte. Sai a Espanha com a bola.

As equipas reentram no ringue. Tudo a postos para o início da segunda parte.

Resumo da primeira parte

O jogo foi equilibrado nesta primeira parte. No entanto, a Espanha acabou por ser mais feliz e fazer dois golos à boca na baliza em dois lances onde Portugal esteve mal no capítulo defensivo. Casanovas e Adroher foram os autores dos golos espanhóis.

Intervalo no jogo. Espanha, 2 - Portugal, 0

01:17' - GOLO DA ESPANHA! Adroher aumenta para 2-0.

02:00' - Quatro faltas para a Espanha, três para Portugal.

05:45' - GOLO DA ESPANHA! Marca Casanovas a desviar a bola à boca da baliza.

08:35' - Ângelo Girão gigante na baliza portuguesa, com um punhado de boas intervenções.

12:50' - Timeout para a Espanha.

12:53' - Duas faltas para a Espanha, uma para Portugal.

17:30' - Reinaldo Ventura acerta no poste da baliza!

21:00' - As duas equipas estudam-se mutuamente, sem carregarem muito no ataque.

11:30 - Início da primeira parte. Sai Portugal com a bola.

As equipas entram no ringue. Tudo a postos para o início do jogo.

11:00 – Jogadores da Espanha: Xavi Malian (GR), Xavier Puigbi (GR), Albert Casanovas, Eduard Lamas, Jordi Adroher, Pau Bargalló (C), Nil Roca, Jordi Burgaya, Ignacio Alabart e Raul Marin.

Selecionador da Espanha: Alejandro Dominguez.

11:00 – Jogadores de Portugal: Ângelo Girão (GR), Pedro Henriques (GR), Diogo Rafael, Hélder Nunes, Henrique Magalhães, Gonçalo Alves, Ricardo Barreiros (C), “Rafa” Costa, João Rodrigues e Reinaldo Ventura.

Selecionador de Portugal: Luís Sénica.

00:00 – Portugal e Espanha voltam a encontrar-se numa final de um Mundial de Hóquei em Patins 28 anos depois. O jogo tem início às 11h30 (hora de Lisboa).

Portugal e Espanha lutam esta manhã pela conquista do título máximo de seleções de hóquei em patins. A última vez que estas duas seleções se defrontaram numa final de um Mundial aconteceu no ano de 1989 na Argentina e a sorte acabou por sorrir aos espanhóis com uma vitória por 2-1.

Na fase de grupos da competição, que está este ano a decorrer na China, Portugal e Espanha tiveram sortes diferentes. Portugal terminou no terceiro lugar do Grupo A atrás da Argentina e da Itália tendo apenas conquistado uma vitória frente à França. Após uma fase de grupos complicada, Portugal acabou por encontrar maior tranquilidade nas fases a eliminar. Nos quartos-de-final, a seleção portuguesa eliminou Moçambique por 6-2 e conseguiu a desforra frente à Argentina nas meias-finais com uma vitória concludente por 5-0. Já a Espanha terminou no primeiro lugar do Grupo B com três vitórias em três jogos e nas fases a eliminar não encontrou grandes dificuldades para eliminar a Colômbia nos quartos-de-final por 5-1 e a Itália nas meias-finais por 4-0.

Em caso de vitória, Portugal fica com o mesmo número de títulos mundiais que a Espanha, 16 no total. #Mundial 2017 #Selecção