É oficial e pelo terceiro ano consecutivo, Portugal consegue o enorme feito de ter duas equipas portuguesas nas competições europeias de basquetebol. Depois do SL Benfica ter garantido um lugar na fase de grupos desta competição (fruto da eliminação da eliminatória da Liga dos Campeões), era a vez do FC Porto tentar a sua sorte contra uma equipa israelita que, inclusive, é apontada como sendo um dos sérios candidatos à vitória final desta competição.

Num Dragão Caixa bem composto, os portistas foram capazes de impor o seu jogo e conseguir jogar olhos nos olhos contra a poderosíssima formação do Bnei Herzlya e, apesar da grande eficácia de 3 pontos que esta equipa foi sendo capaz de adquirir, os Dragões não se deixavam ir abaixo e foram sempre atrás do resultado, conseguindo mesmo uma importante vantagem de sete pontos ao intervalo.

Publicidade
Publicidade

O placard indicava o resultado de 46-39 a favor do #FC Porto.

Na segunda parte a história foi ligeiramente diferente e os israelitas demonstraram que não tinham vindo ao Porto para servirem de turistas. A conversa no balneário serviu para levantar o ânimo dos jogadores, que entraram a todo o gás naqueles que seriam os derradeiros 20 minutos para a equipa de Israel, até porque se jogava a continuação, ou não, nas competições europeias da FIBA. Foi, portanto, uma segunda parte de alto nível com grandes jogadas coletivas e individuais, ficando sempre a incerteza no resultado instalada até ao final da partida que apenas ficou resolvida nos últimos segundos, fruto de uma falta cometida por Pedro Bastos que deitou por chão a possibilidade dos Dragões ganharem o segundo jogo contra a equipa do Bnei Herzlya.

Publicidade

No final do encontro, a vitória caiu para o lado da equipa israelita, que venceu a partida por 83-85. Destaque ainda para Sasha Borovnjak e Will Hanley, que anotaram 18 e 16 pontos respetivamente, sendo os principais destaques do lado do FC Porto.

No final de contas poderemos dizer que foi uma eliminatória bastante equilibrada e onde ambas as equipas se entregaram de corpo e alma para segurarem um dos últimos bilhetes que dava acesso à europa do #Basquetebol. Felizmente a sorte maior calhou à equipa portuguesa, fruto do excelente resultado conseguido em Israel e onde o FC Porto trouxe na bagagem uma importante vitória por 68-65. Na fase de grupos, os Dragões já sabem que irão jogar no grupo C, juntamente com o Kataja Basket, o Mornar Bar e os austríacos dos Kapfenberg Bulls.

Relativamente ao Bnei Herzlya, conseguiu a entrada na fase de grupos da Europe Cup graças à escorregadela de várias formações que foram eliminadas das suas respetivas eliminatórias, sendo uma das três equipas repescadas para este efeito. #FIBA Europe Cup