Qual poderá ser o maior erro que se pode cometer, no que toca a uma candidatura de emprego? Não adaptar o texto à empresa/cargo a que te candidatas, não usar palavras-chave que os scanners (ferramentas de pesquisa de currículos) possam detectar automaticamente, ou até mesmo não fazer uma lista das conquistas profissionais, podem ser alguns erros comuns.

Mas, o maior é... ser desleixado.

Um erro gramatical aqui, um erro tipográfico ali. Enviar o currículo no formato incorreto. Deixar alguma informação desnecessária, que possa ser usada para te descriminar. Aos poucos, pequenos erros que à partida poderiam ser insignificantes, acumulam-se encaminhando a tua candidatura para o clássico "Guardámos o seu perfil para futuras oportunidades".

Publicidade
Publicidade

Já todos recebemos este e-mail.

Então, aqui ficam 3 dicas para que isso não aconteça:

  • 1. Não confies inteiramente no corrector ortográfico

O corrector ortográfico tem desenvolvido bastante nos últimos anos.  Em alguns casos é também um corrector sintático. Mas não deixa de ser uma máquina, que nem sempre tem a capacidade de entender o que queremos dizer. Sempre que possível, pede a alguém de confiança que faça uma leitura atenta do rascunho final. Um par de olhos extra pode fazer toda a diferença.

  • 2. Adapta o texto ao emprego a que te estás a candidatar

Não confies num currículo que "serve para tudo". Há empregos com uma vertente mais criativa, outros que se querem mais metódicos. Adapta as qualidades, conhecimentos e até mesmo as tarefas desempenhadas anteriormente em função disso. Tenta coincidir ao máximo com o que está descrito na oferta de trabalho.

  • 3. Envia o currículo no formato correcto
Cada vez mais se vêem ofertas cuja descrição pede o envio do currículo num formato específico. Alguns pedem o envio em Word. Outros apenas em PDF. Noutros casos, as candidaturas sem Carta de Apresentação não serão consideradas. Por isso, deves ter atenção ao que está a ser pedido como "essencial", para que não percas o teu tempo, nem feches uma porta que podia ser interessante, por um erro tão simples como "Gravar como...".



Estás satisfeito com o teu CV? Queres tentar algo mais arrojado?  





#Negócios