Os juros da dívida pública portuguesa estão a descer, em todos os prazos, tal como acontece com os juros das dívidas dos restantes países da zona euro afectadas pela crise da dívida soberana (Espanha, Itália, Grécia e Irlanda). Ao início da manhã, os juros da República a 10 anos desciam para 3,181% depois dos 3,217% de ontem. No mesmo sentido, desciam os juros da dívida a 5 anos (para 1,739%) e a 2 anos (para 0,542%).

A vitória do Não à Independência da Escócia é visto como um dos factores que contribui para a "acalmia" geral dos mercados financeiros, uma vez que, além da natural incerteza e instabilidade que o Sim iria trazer ao sistema financeiro britânico, seria também um reforço político e psicológico para a independência na Catalunha, onde o referendo marcado não é reconhecido pelo governo central.

Publicidade
Publicidade

Também ontem, foi anunciado pelo Banco Central Europeu um empréstimo total de cerca de 82.600 milhões de euros a um conjunto de 255 bancos da zona euro, para crédito a famílias e empresas. O empréstimo foi concedido a um taxa fixa de 0,15% e com um prazo de 4 anos. Espera-se, ainda, uma segunda operação de apoio à economia europeia, através desta via, no próximo mês de Dezembro, que deverá ronda cerca de 300 milhões de euros - um bom tónico para abordar o arranque da economia no hemisfério norte depois do Natal. Este cenário também impulsiona os mercados a confiar na perspectiva e no esforço dos reguladores para impulsionar a economia, depois de o BCE manter em mínimos históricos as taxas de juro directoras e depois do reconhecimento de que as políticas de austeridade estão a contribuir para a anemia da recuperação económica europeia ao longo de 2014.

Publicidade

Portugal voltou aos mercados na passada quarta-feira, com a emissão de 1000 milhões de euros (o equivalente a 10 ronaldos) em bilhetes do Tesouro, a prazos de 3 meses e 12 meses. A taxa no prazo de 3 meses ficou em 0,052% e a de 12 meses em 0,225%. #Negócios

Recorde-se que a taxa de juro a dez anos atingiu em Agosto um mínimo histórico de 3,020%.