Depois das novas edições de 5 e 10 Euros, em 2015 será a vez de as notas de 20 Euros conhecerem uma versão renovada, tal como referiu o Banco Central Europeu (BCE) em comunicado. A nova nota será apresentada em Fevereiro do próximo ano, embora não se saiba ainda a partir de quando entrará em vigor na zona Euro. Esta informação será revelada apenas na sessão de divulgação. Esta será, assim, a terceira nota a ser implementada da série 'Europa'.

Por detrás da nova versão da nota de 20 Euros está o reforço de aspectos ligados à segurança, sendo o objectivo das edições 'Europa' "melhorar a integridade das notas", numa tentativa de se sofisticar o combate "face aos contrafactores" recorrendo à mais recente tecnologia, refere a instituição em comunicado.

Publicidade
Publicidade

Recorde-se ainda que, para além do combate à fraude, outra das vantagens anunciada em comunicados anteriores está na maior durabilidade que esta versão das notas possuirá, uma característica benéfica para o meio ambiente.

Na base da iniciativa das reedições encontra-se o Eurosistema, um organismo integrado pelos bancos centrais de cada estado da zona Euro, em conjunto com o BCE. Apesar de não se saber ainda quando entrarão em circulação, o comunicado refere ainda que as notas de 20 Euros em versão 'Europa' serão distribuídas aos diversos bancos centrais dos países aderentes à moeda única para que estes possam "testar e adaptar", com antecedência, todos os dispositivos e aparelhos necessários. Posteriormente, esses testes poderão ser alargados a outras instituições.

A nova nota de 20 Euros será a terceira da série 'Europa' a circular no espaço comunitário, depois da implementação das novas notas de 5 Euros em Maio do ano passado e da renovação das notas de 10 Euros em Setembro de 2014.

Publicidade

Embora não se conheçam ainda outras datas específicas, sabe-se que o Eurosistema tem a intenção de emitir novas versões para todas as restantes notas da moeda única, num processo que será levado a cabo por ordem crescente dos seus valores. Até ao momento, porém, as notas de 5, 10 e 20 Euros das séries anteriores podem continuar a ser utilizadas, ou trocadas pela edição mais recente, em qualquer banco central da zona Euro.