Reactivar, assim se chama a nova medida do actual Governo para combater o #Desemprego nas faixas etárias mais altas. Quando entrar em vigor, vai permitir que indivíduos com mais de 30 anos possam, também eles, concorrer a um estágio profissional. Actualmente já existem estágios profissionais renumerados para pessoas com mais de 30 anos, no entanto pedem uma série de pré-requisitos dispensados nesta nova versão. A medida foi hoje discutida em sede de concertação social.

De acordo com o site de notícias Observador, são abrangidos pela medida "Reactivar" indivíduos com um mínimo de 31 anos, desempregados há pelo menos 12 meses e que nunca tenham beneficiado de uma medida de estágios do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Publicidade
Publicidade

Relativamente ao nível de qualificação dos indivíduos não existem quaisquer pré-requisitos. O estágio deverá durar no mínimo 6 meses.

O Jornal de Negócios avança ainda com o valor da bolsa de estágio e de outros apoios recebidos no âmbito desta iniciativa. Segundo este órgão, o estagiário receberá uma bolsa de estágio entre os 419,22€ e os 692€ (mediante a sua qualificação), refeição ou o respectivo subsídio, seguro de acidentes pessoais e, em situações especiais, subsídio de transporte. São considerados situações especiais os casos de estagiários com deficiência ou incapacidade, vítimas de violência doméstica, ex-reclusos, que cumpram ou tenham cumprido penas ou medidas judiciais não privativas de liberdade ou ainda toxicodependentes em processo de recuperação.

As entidades empregadoras por seu turno serão, em situações normais, financiadas em 65% do valor da bolsa do estagiário. Este valor sobe para 80% se se tratar de entidades sem fins lucrativos ou empresas com 10 ou menos trabalhadores.

Publicidade

Se o estagiário for inserido na entidade sem fins lucrativos ao abrigo de um "Projecto de Interesse Estratégico" ou a empresa com 10 ou menos trabalhadores nunca tiver beneficiado do apoio do IEFP para a contratação de estagiários o valor volta a subir, desta vez para os 95%, adianta ainda o Jornal de Negócios.

Actualmente podem beneficiar de um estágio profissional pessoas entre os 18 e os 30 anos, com uma qualificação no mínimo de nível 2 ou com mais de 30 anos quando tiverem completado um novo nível de qualificação há menos de 3 anos.