Nos dias atuais, e face à conjuntura económica, são diversos os casos de insolvência e desemprego. Contudo, o fracasso de uma empresa muitas vezes deve-se à falta de cuidado em pormenores, que, lentamente, fazem com que o rumo da empresa seja esse. E não se pode atribuir a culpa só as questões externas, mas ao próprio funcionamento interno da empresa, à forma como é gerida.

Não se pode parar no tempo, é necessário evoluir. Ter uma empresa pode comparar-se a manter um casamento. Requer entrega, sacrifício, dedicação. Para a sua manutenção é necessário investimento, estar constantemente a atualizar-se, inovar nos produtos e/ou serviços que são apresentados aos clientes e mostrar-se assim diferenciador em relação à concorrência.

Publicidade
Publicidade

Outro ponto relevante que os empresários devem usar a seu favor é a internet. Podem criar um site, aderir a uma rede social, criar por exemplo, uma página no Linkedln ou no Facebook para divulgar os seus produtos. Um bom gestor pode e porque não dizer, deve, mudar a imagem, a "cara" da empresa. Ou se relança o produto ou, se não está a obter os resultados pretendidos, deve mudar de produto. Parar ou desistir é que não é solução.

Outro aspeto importante é também estar sempre apto a aprender coisas novas e a melhorar. Nesse âmbito, pode por exemplo ver o lado bom de uma reclamação de um cliente e mudar.

Deve também saber gerir a potencialidade dos seus funcionários, apresentar-lhes novos desafios e ser motivador. Para o sucesso da empresa é fundamental ter um bom contabilista, mas também um bom advogado, o que não retira a necessidade do próprio empresário saber pelo menos o essencial sobre as leis.

Publicidade

Uma boa gestão pessoal e do tempo são questões essenciais

O empresário deve também saber gerir o tempo, ser direto, não perder tempo com coisas desnecessárias, como por exemplo, ficar a navegar na internet em assuntos que nada acrescentam à empresa. É importante estar junto dos funcionários e recolher novas ideias que estes possam ter para um melhor desenvolvimento e crescimento da mesma. Torna-se primordial que não se foque em muitas ideias ao mesmo tempo. É melhor começar com poucas ideias e dar aí os seus primeiros passos.

Saber ter uma gestão pessoal também é indispensável, assim encontrar um equilíbrio em tudo o que faz. Um patrão nervoso e sempre aos gritos pode gerar até doenças. É importante que saiba gerir emoções, sentimentos, palavras, atitudes. No comércio não funciona dizer tudo "o que vem à cabeça"; por isso, deve pensar antes de falar ou tomar qualquer posição.

Em suma, estas são apenas algumas dicas para que uma empresa evolua e tenha sucesso. Muitas vezes são particularidades que podem passar despercebidas, mas que trarão consequências no futuro, de acordo com as escolhas que são feitas a cada momento. #Negócios