A recente subida dos preços do petróleo pode, afinal, ser apenas passageira. O barril de ouro negro poderá, em breve, ser vendido a 20 dólares, preconiza o Citigroup, num relatório apresentado na segunda-feira, no qual revê em baixa as previsões para o preço do crude. Apesar da descida nos gastos e do investimento das grandes petrolíferas, que levaram a um aumento do preço do petróleo nas últimas semanas, a produção nos Estados Unidos está ainda a aumentar. A oferta é forte e a procura não está assegurada, o que é quase uma garantia de nova descida dos preços. Brasil e Rússia estão a extrair petróleo a níveis recorde, enquanto Arábia Saudita, Iraque e Irão têm vindo a lutar para manter as suas quotas de mercado, cortando nos preços para a Ásia.

Publicidade
Publicidade

Existe excesso de produção e os tanques estão "a rebentar pelas costuras".

Segundo Edward Morse, director global de matérias-primas no Citigroup, a retração nos níveis de produção não deverá acontecer até ao terceiro trimestre de 2015. Até lá, o West Texas (petróleo de referência nos Estados Unidos), poderia cair até bater no fundo, que será de 20 dólares por barril, de acordo com o documento publicado pelo banco norte-americano.

A revolução do fracking (método que possibilita a extração de combustíveis líquidos e gasosos do subsolo) significou o fim da capacidade da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) de manipular os preços e maximizar os lucros. "É pouco provável que a OPEP consiga voltar às suas práticas antigas… apesar de muitos analistas já terem previsto o fim da OPEP em crises anteriores, desta vez é diferente e poderá ser mesmo o fim do cartel do petróleo", afirmou Morse.

Publicidade

O Citigroup reduziu as previsões anuais para o preço médio do petróleo em Londres, referência para Portugal, pela segunda vez em 2015. Preços entre os 45 e os 55 dólares são insustentáveis e potenciarão o "desinvestimento no petróleo" e um aumento do preço por barril de Brent para os 74 dólares, refere o documento. De acordo com o relatório, o preço médio para este ano será de 54 dólares.