Os candidatos à compra do Novo Banco têm até às 17h00 desta terça-feira, 30 de Junho, para entregar as suas propostas finais. Depois de longos meses, o processo de venda da instituição está perto do fim. Concorrem à compra Anbang, Apollo, Cerberus, Fosun e Santander. As propostas hoje apresentadas são vinculativas e será agora o Banco de Portugal a tomar a decisão final.

De acordo com o site Dinheiro Vivo, os grupos chineses são vistos pelo mercado como os favoritos, devendo ser os que têm propostas mais elevadas. O Santander também poderá apresentar uma boa proposta dado o que poderia "lucrar" com a aquisição. Já os norte-americanos podem optar por reforçar o capital do Novo Banco.

Publicidade
Publicidade

Novo Banco constituído há quase um ano

Na sequência de uma situação financeira grave, com irregularidades detectadas nas contas, o BES colapsou no final de Julho de 2014, deixando diversas pessoas lesadas. Na altura, era presidido por Vítor Bento, que havia sucedido a Ricardo Salgado.

O Novo Banco viria a ser constituído a 4 de Agosto de 2014, sob liderança de Eduardo Stock da Cunha. Foram injectados cerca de cinco mil milhões de euros - mil milhões saídos das contribuições dos #Bancos para o Fundo de Resolução e o restante obtido a partir da linha de recapitalização da Troika para a Banca. Caso o valor da venda seja inferior ao injectado há cerca de um ano, serão os outros bancos a suportar as perdas. Este é, de resto, um cenário muito provável.

Aumento de capital nas ofertas

As ofertas finais a serem agora entregues devem incluir um aumento de capital, já que o Novo Banco apresenta rácios abaixo dos outros bancos (de 9,5 por cento contra os mais de 10 por cento dos principais concorrentes portugueses, no fim de 2014). Sendo o preço o principal critério para eleger o vencedor, os chineses são então vistos como os favoritos, acreditando-se que serão estes a apresentar as propostas mais altas.

Se os preços forem semelhantes, o Banco de Portugal poderá abrir um processo negocial com as entidades finalistas, sendo que espera escolher o vencedor da compra do Novo Banco já no próximo mês de Julho.

Publicidade