Quantas vezes na fila do supermercado nos perguntam se queremos fatura com número de contribuinte e respondemos que não, só para não dar trabalho a quem está na caixa ou para quem está atrás de nós não esperar mais tempo? Acontece, não é? Sabia que está a perder dinheiro com essa resposta? Possivelmente só vai aperceber-se quando apresentar o IRS de 2015 às Finanças.

Seja como for, 2015 acabou, já não há nada a fazer e as contas estão fechadas, mas com o início de um novo ano ainda vai muito a tempo de mudar essa atitude e com esta dica vai ser ainda mais fácil. Ao pedirmos fatura de tudo, até de um simples café, parece que estamos a ser "chatos" e, pela reação das pessoas que estão atrás de nós, parece que estamos a praticar um crime violento, para além de que não deixa de ser uma violação de privacidade dizer em voz alta o nosso NIF!

O que a maioria das pessoas não sabe é que no Portal e-Fatura, ao fundo da página, existe um link que permite imprimir uma pequena folha de papel, que pode diminuir em muito a burocracia de pedir fatura, poupando desta forma o comerciante, que escusa de estar muitas vezes a pedir para repetir o número. E para si é também uma poupança de tempo e reserva de privacidade.

Então o que tem a fazer é ir ao portal, entrar com a sua password e o próprio sistema gera um código de barras com o seu NIF e com a mensagem "Por favor passe fatura com o nº Contribuinte xxxxxxxxx"; imprime e já está!

Da próxima vez que fizer uma compra só tem de entregar junto com o dinheiro ou o cartão bancário este papel e o operador já sabe o que tem a fazer assim que lê. Acredite que lhe está a poupar trabalho, pois só tem de passar o código de barras na máquina sem ter de o estar a digitar.

A cadeia de supermercados Pingo Doce já tem mesmo informação com a fotografia deste cartão, com a explicação de como se pode e deve usar este sistema tão bem criado pelo nosso Estado.

Acabou-se o "Quer fatura com nº contribuinte", "pode repetir se faz favor" e os lapsos de memórias que às vezes temos.

Se tinha problema em pedir fatura com o NIF para não ter trabalho, em 2016 já não tem desculpa. #Curiosidades #Legislação