O ensino está a mudar. Hoje em dia é possível frequentar os melhores cursos online gratuitos, nas melhores universidades do Mundo, e estudar em casa, sem se deslocar. Bem-vindo à era dos MOOCs - Massive Open Online Courses. Neste artigo dou-lhe a conhecer três das principais plataformas difusoras de MOOCs gratuitas do Mundo:

  • Coursera. O Coursera oferece cursos de universidades de 25 países (Estados Unidos, Reino Unido, Itália, França, Austrália, China e Coreia do Sul, são alguns exemplos) e sobre os mais variados temas. Da filosofia à programação, passando pela medicina e a genética, e sem deixar de fora as ciências económicas como a gestão, a economia ou o marketing. No Coursera pode frequentar a Universidade de Stanford de manhã e durante a tarde a Universidade de Manchester, na Europa. Tudo isto sem gastar um cêntimo. Para frequentar um destes cursos, basta que se registe no site e escolha um dos muitos cursos que tem à sua disposição. Quando as aulas arrancarem, é só acompanhar os vídeos e o material de apoio facultado. Atenção que vai ter trabalhos de casa e testes como no mundo offline. O site tem ainda à disposição um fórum onde pode colocar questões ou trocar ideias sobre a matéria das vídeo aulas. Muitas vezes as conversas migram para outras redes sociais (formam-se grupos no Facebook, estabelecem-se conexões no Linkedin…) e há relatos de grupos de alunos que chegaram mesmo a organizar grupos de estudos presenciais. No final, se completar todas as suas tarefas com sucesso, recebe um certificado de participação.
  • Udacity. Embora não seja totalmente gratuito, o Udacity apresenta uma percentagem bastante simpática de MOOCs gratuitos. Aqui o foco mantêm-se sobretudo na tecnologia. Análise de dados, desenvolvimento web e programação em IOS e Android, são algumas das categorias que vai encontrar aqui. Há ainda uma secção mais pequena dedicada a assuntos "não tecnológicos" e onde se inserem cursos sobre a criação de start-ups, por exemplo. Para frequentar um curso destes basta, à semelhança do que acontece com o Coursera, fazer o seu registo no site e começar acompanhar as vídeo-aulas. A minha experiência com este site diz-me que os cursos gratuitos não estão sujeitos avaliação, embora no decorrer das aulas sejam apresentados exercícios (que o aluno pode decidir não fazer). Infelizmente não fornecem certificados de participação.
  • Edx. O Edx trabalha sobretudo com universidades americanas, tendo como fundadoras a Universidade de Harvard e o MIT. Neste momento oferece cerca de 300 cursos das mais distintas aéreas. O funcionamento do Edx é em muitos aspectos semelhante ao funcionamento do Coursera. A inscrição em qualquer um dos cursos requer o registo no site. Depois disso é só juntar-se ao curso pretendido e acompanhar as vídeo-aulas. Também aqui há testes e exercícios, embora as datas de entrega sejam bem mais flexíveis. A componente social é estimulada através de um fórum e do recurso às redes sociais. No final do curso é emitido um certificado de participação e caso esteja disposto a contribuir monetariamente para o desenvolvimento do curso e da plataforma, recebe um certificado válido perante qualquer entidade empregadora.

Faltou dizer que a grande maioria destes cursos é leccionada em inglês, embora comecem a aparecer outros tantos com legendas em português. #Educação