Para os estudantes que se interessam, simultaneamente, pelas áreas da Biologia, Informática e Matemática, e que pretendam uma formação superior sólida que combine as três áreas, surge a Licenciatura em Bioinformática, a lecionar no ISPA - Instituto Universitário, pioneira em Portugal.

Esta Licenciatura, cuja abertura irá ocorrer no ano letivo 2015/2016, e que tem uma duração de 3 anos, promete interligar uma componente teórica e metodológica com uma aplicação prática dos conhecimentos obtidos. Quais os objetivos? Formar profissionais com bons conhecimentos na área da biologia e das ciências da vida; com uma boa preparação teórica no que diz respeito à área da matemática e ciências da computação; e, por fim, "o desenvolvimento de fortes competências práticas na aplicação de ferramentas e metodologias tecnológicas à resolução de problemas complexos de processamento e análise de grandes quantidades de dados e modelação de fenómenos biológicos", refere a Instituição.

Uma das estratégias desta Licenciatura passa por existir um destaque no que diz respeito à aplicação prática dos conhecimentos adquiridos ao longo dos 3 anos, o que irá permitir uma rápida e produtiva integração no mercado de trabalho, e em contextos de trabalho académicos. O fim da Licenciatura pressupõe, ainda, um estágio curricular, sendo que a Instituição assegura os protocolos para as vagas dos estágios, às quais o estudante se candidata. O plano de estudos da Licenciatura já se encontra disponível no site do ISPA - Instituto Universitário, bem como as respetivas condições de ingresso.

E quais as saídas profissionais à disposição do Licenciado em Bioinformática? São vários os locais onde a colaboração deste profissional é uma mais-valia, destacando-se as Instituições de Investigação (públicas e privadas), Laboratórios, Indústria Farmacêutica, Universidades e escolas, empresas tecnológicas, entre outros.

De referir que o William James Center for Research, unidade de investigação em Psicologia do ISPA, foi considerada excelente, numa recente avaliação realizada pela FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia. #Educação