O Natal aproxima-se e com ele chegam também os enfeites natalícios, os presentes para a #Família e amigos chegados e os preparativos para a consoada. Para muitos, esta época é sinónimo de um enorme esforço financeiro e poupar é a palavra de ordem. A verdade é que, mesmo com um orçamento pequeno, é possível poupar sem prescindir da qualidade dos presentes e de tudo o que mais gosta. Através de sete regras, poupar estará ao alcance de todos.

  1. Organize-se. A organização é um dos pontos mais importantes e a chave de ouro para a iniciar a poupança. A primeira etapa consiste em elaborar uma lista que contenha todos os amigos e familiares que pretende presentear.

  2. Estipule um orçamento. Uma boa forma de controlar os gastos é estipular um teto máximo para os gastos natalícios e para cada presente. À lista de presenteados junte o valor máximo que pretende gastar com cada presente.

  3. Planeie tudo com antecedência. As compras de última hora normalmente são feitas de forma impulsiva. Ao planear com antecedência, poderá comparar diferentes produtos, os seus preços e escolher o presente ideal, de forma sensata e sem qualquer tipo de pressão.

  4. Faça os seus próprios enfeites. Mesmo que reutilize os enfeites do ano anterior, é perfeitamente normal que queira adquirir novos artigos de decoração. Através da utilização de garrafas de plástico usadas, rolhas, revistas velhas ou mesmo feltro, pode fazer peças únicas e bonitas, que além de económicas, proporcionam divertidos momentos em família.

  5. Preste atenção às promoções e aos descontos. É frequente que semanas antes do Natal, os hipermercados façam bons descontos em produtos que abrangem parte dos presentes mais dispendiosos como, por exemplo, brinquedos e tecnologia. Estas campanhas devem ser aproveitadas de imediato, uma vez que poderão ser oportunidades únicas.

  6. Faça compras online. Atualmente diversas lojas disponibilizam uma secção outlet, onde é possível comprar artigos a preços acessíveis e com boa qualidade. Ao efetuar compras online, além de poupar dinheiro em combustível e deslocação, estará também a poupar tempo.

  7. Evite comprar a crédito. As compras efetuadas com cartão de crédito podem gerar descontrolo das suas economias e dos valores gastos. Deixe os seus cartões de crédito em casa e assim será mais difícil gastar acima das suas possibilidades. #Curiosidades