Portugal está mais uma vez de parabéns! Segundo a conceituada revista dos melhores vinhos do ano: «Wine Spectator», três vinhos da região vinícola do Douro conseguiram conquistar as primeira, terceira e quarta posições do top 10 mundial! Temos no primeiro lugar o vinho do Porto "Vintage Dow's 2011", do grupo Symington. E no terceiro e quarto lugar respetivamente, o "Chryseia 2011 Douro DOC Prats & Symington" e o "Quinta do Vale Meão Douro 2011".

A Região Demarcada do Douro (DOC), a primeira região demarcada e reconhecida do mundo, foi criada em 1756, durante o reinado de D. José I, pelo futuro Marquês do Pombal. A região situa-se no Nordeste de Portugal e estende-se ao longo do Vale do Rio Douro (desde Barqueiros até Barca D'Alva) e seus afluentes como o Tua e o Corgo, e encontra-se dividida em três zonas: o Baixo-Corgo, o Cima-Corgo e o Douro Superior.

Publicidade
Publicidade

Esta região foi inclusive considerada Património Mundial pela UNESCO em 2001. Os seus solos são propícios à longevidade das vinhas e permitem mostos mais concentrados de açúcar e cor. Algumas das castas da região são seculares e as melhores para a produção de vinho do Douro são: a Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca, Aragonez (na região denominada de Tinta Roriz) e Tinto Cão. Embora o Vinho do Porto seja o mais característico da região, esta também produz excelentes vinhos Tintos e Brancos. Como por exemplo os Tintos "Charme 2010" e o "Quinta do Vesúvio 2008" ou os Brancos "Duas Quintas Reserva Branco 2010" e o "Conceito Branco 2011".

Mas como em termos de vinhos Portugal não é só Douro, há que não esquecer outras regiões tais como: Alentejo, Península de Setúbal, Tejo, Dão, Bairrada, Trás-os-Montes, Vinhos Verdes, Algarve, Madeira e Açores.

Publicidade

Todas elas produtoras de excelentes vinhos, muitos deles premiados e reconhecidos, nacional e Internacionalmente. Para isso contribui generosamente a localização privilegiada de Portugal, os seus solos e o seu clima fantástico. A indústria do Vinho representa hoje em dia 1,5% do total das exportações do mercado nacional, o que explica a reconhecida reputação internacional dos vinhos portugueses. Em 2010 foi criada a marca "Wines of Portugal" para promover a imagem dos vinhos portugueses internacionalmente. Portugal ocupa hoje o 9º lugar no ranking do comércio internacional do vinho e a 12ª posição enquanto país produtor de vinho a nível mundial.