Há vários dias que as lojas e grandes superfícies comerciais nos tentam com promoções, descontos ou reduções, no entanto só no próximo Domingo, dia 28 de Dezembro, arranca a época oficial de saldos que este ano se estende até ao dia 28 de Fevereiro. Estes saldos são os últimos com data fixada por lei. A partir de 2015, cada comerciante passa a poder decidir quando abrir e encerrar a época de saldos, desde que no total não ultrapasse os quatro meses de saldos. Embora os saldos sejam associados a poupança, é muito fácil nos conduzirem a situações de desperdício. Depois de lhe ensinar a poupar no supermercado, hoje ensino-lhe a rentabilizar o seu orçamento em época de saldos:

  1. Comece por analisar as suas finanças e ver que percentagem do seu orçamento pode despender com os saldos;
  2. Conhecido esse valor, faça uma revisão ao seu guarda-roupa e veja que peças estão em falta. Paralelamente, estude as tendências da próxima estação e construa a sua lista de compras com base nisso;
  3. Escolha estrategicamente o dia e a hora em que vai fazer as suas compras. O ideal será optar pelos primeiros dias de saldos (sob pena de já não encontrar aquilo que deseja) e pelas manhãs (neste período consegue encontrar as peças mais arrumadas, facilitando a sua busca). Evite os fins-de-semana que tendem a ser mais movimentados;
  4. Escolha com redobrada atenção o que vestir nesse dia. Peças fáceis de tirar e vestir vão-lhe facilitar bastante o processo de experimentação. Preste também atenção ao peso da sua mala, poderá ter que andar bastante;
  5. Experimente todas as peças antes de seguir com elas para a caixa. Lembre-se que durante os saldos, os comerciantes só são obrigados a trocar peças com defeito;
  6. Se encontrar a peça que precisa e esta lhe assentar bem não vá para casa pensar no assunto. Muitas das peças à venda nesta época são peças únicas, se não as comprar no momento, corre o risco que chegue outra pessoa e a compre primeiro;
  7. Por outro lado, se tiver dúvidas se precisa ou não da peça em questão, se esta lhe fica bem ou mal, não compre. Relembro-lhe que nesta época os comerciantes só são obrigados a trocar peças com defeito;
  8. Por último, tenha sempre presente a sua lista de compras. Não compre só porque está incrivelmente mais barato, afinal de que lhe serve um casaco que não combina com nada do que tem no armário?

Boas compras! #Moda