A marca de lingerie norte-americana, para tamanhos grandes, Lane Bryant, lançou a nova campanha de Primavera. Chama-se 'I'm No Angel', ou seja 'Não Sou Anjo'. O propósito desta campanha é provar que todas as mulheres são sensuais, apesar do ideal de beleza tradicional estereotipado pela sociedade. Pelo meio, uma "alfinetada" aos 'Anjos' da Victoria's Secret, a conceituada marca que enfatiza o corpo feminino alto e magro.

As publicidades foram feitas a preto e branco, que mostram a beleza da mulher mais avantajada, e são protagonizadas por modelos famosas (de tamanhos grandes) que foram fotografadas por Cass Bird. Ashley Graham, Marquita Pring, Candice Huffine, Victoria Lee, Justine Legault e Elly Mayday são as estrelas da campanha.

Publicidade
Publicidade

Em comunicado, a CEO da Lane Bryant, Linda Heasley, declarou que "a nova linha 'I'm No Angel' foi projetada para capacitar todas as mulheres a amarem cada parte de si mesmas".

Além das publicidades impressas, em revistas, nos transportes públicos, nas lojas Lane Bryant, vai haver também o formato televisivo. E a marca está já a usar a 'hashtag' #I'mNoAngel nas redes sociais, uma das formas deste movimento que pretende celebrar as mulheres de todos os tamanhos. Esta campanha surge como resposta à polémica com a Victoria's Secret, quando lançou a campanha "The Perfect Body" (o corpo perfeito). A ideia da mais conceituada marca de lingerie mundial seria chamar o soutien de 'Body' (Corpo). E na campanha apresentava dez modelos altas e magras, entre elas a portuguesa Sara Sampaio, com soutiens... perfeitos. Ou corpos perfeitos, como titulava.

Publicidade

Só que o trocadilho não foi bem aceite e a crítica considerou uma ofensa a qualquer mulher mais magra ou mais volumosa do que os dez "Anjos" da campanha, como são conhecidas as modelos desta marca. Mas, se a campanha da Victoria's Secret não foi bem aceite, o mesmo não se pode dizer desta campanha da Lane Bryant, que, acabada de sair, já está a fazer furor, recolhendo muito mais apoio do que controvérsia entre os 'media'. Nas redes sociais, a 'hashtag' #I'mNoAngel está a ser muito partilhada, com muitas mulheres a identificarem-se com a campanha, e garantindo que "não são anjos" mas têm "orgulho" do que são. #Moda