Longe estão as normas que ditavam que para se ser modelo era necessário ter mais de 1,70 metros de altura e uma cintura de fazer inveja a qualquer mulher "normal". Ao longo dos anos os padrões sobre o que é aceitável numa manequim, nomeadamente a magreza, têm vindo a ser alterados. Mas, em 2015, há uma mulher pronta a romper com os padrões e tornar a #Moda acessível a todos os corpos.

Tess Holliday é uma modelo norte americana que está a fazer história desde Janeiro deste ano. A sua paixão pelo mundo da moda podia ser confundida com tantas outras que muitas jovens têm. A diferença é que Tess é a primeira mulher tamanho 53 a assinar um contrato com uma agência de modelos, a MiLK Management, de Londres.

Publicidade
Publicidade

Aos 29 anos, esta jovem residente em Los Angeles mede 1,62 m e pesa mais de 110 kg, mas, mesmo assim é uma das modelos do momento. Com um olhar sedutor, tatuagens e curvas, Tess confessou ao jornal britânico Daily Mail que quer "desafiar a percepção de beleza que a sociedade tem e o que é aceitável na indústria e no mundo. Não há uma só forma de ser mulher, ou de ser bonita. Todos merecemos um lugar".

Depois de anos a ser excluída dos castings, Tess conseguiu agora a sua grande oportunidade e, na sua primeira produção, a modelo XXL demonstrou confiança e à vontade em frente às câmaras, vestindo apenas uma blusa e roupa interior preta. Relativamente à agência, uma das maiores de Londres, confessa-se feliz e garante que foi uma aposta ganha, a de fechar com uma modelo diferente. Apesar de toda a notoriedade que Tess está a ganhar, há também quem a acuse de estar a incentivar à obesidade, uma vez que as suas medidas são acima da média.

Publicidade

Depois de postadas as suas fotos na internet, a modelo passou a ser seguida por mais de 650 mil pessoas no Instagram e mais de 890 mil no Facebook, sendo deste modo que conseguiu chamar a atenção da agência de modelos. Nos últimos anos, as campanhas com modelos plus size têm vindo a ser uma constante, alertando deste modo para a magreza excessiva de algumas profissionais do meio.