Miguel Gouveia tem 23 anos e nasceu em Lamego. Há cerca de dois anos decidiu criar um espaço onde tivesse liberdade para falar dos assuntos que mais gosta. Assim nasceu o Blog Pieces of Me. Nesse espaço são partilhados, diariamente, posts que vão desde a #Moda à decoração, passando por assuntos de beleza. 

Primeiro gostava de saber o que te levou a criar o blog?

Sempre fui um entusiasta em relação à moda, à beleza e ao lifestyle masculino. Sempre tentei andar muito em cima desse género de assuntos e foi isso que me levou a criar um blog. Procurei e pesquisei blogs relacionados com moda escritos por rapazes e descobri que em Portugal são muito escassos.

Publicidade
Publicidade

Neste sentido, depois de muita pesquisa, de muito trabalho e, acima de tudo, quando senti que estava maduro o suficiente, deitei mãos à obra e construí o meu espaço do qual me orgulho muito.

Sofreste algum tipo de preconceito por ter um blog que aborda assuntos que até há bem pouco tempo era reservados sobretudo a mulheres?

Sim, ao princípio senti. As pessoas tinham imensa dificuldade em perceber que os homens também têm o direito de se cuidar tal como as mulheres. No início recebia imensos comentários insultuosos porque, mais uma vez, a sociedade sem carácter em que vivemos conota este género de pessoas que se importam com o seu parecer como alguém que tem uma orientação sexual diferente. Como a minha ideia principal era mudar mentalidades, não me deixei vacilar e continuei.

O mundo da moda, decoração e outros assuntos que abordas no blog são muitas vezes associados ao feminino. Sentes que isso ainda é assim ou as coisas estão a mudar?

Felizmente estão a mudar e a prova disso é que actualmente recebo e-mails de homens a pedir ajuda na escolha de cremes ou roupas mais adequados ou de esposas que estão preocupadas com o que marido deve vestir num ou noutro evento.

Publicidade

Estou a conseguir seguir a linha ténue que sempre criei: a de quebrar tabus e fazer ver que um homem pode, de facto, estar atento à moda, à decoração, à beleza sem ter de ter uma orientação sexual diferente como todo mundo pensa. As pessoas começam a ter uma mente mais liberta a esse nível, facto que me tem agradado muito.

Gostarias de te dedicar ao blog a tempo inteiro? Fazer disso a tua profissão principal?

Actualmente o blog é o meu trabalho. Terminei o Mestrado e como estou à procura de emprego, tenho-me dedicado 100% a ele. Se gostava de fazer disto uma profissão a sério?! Claro que sim. A escrita faz parte de mim assim como a pesquisa o que, de certa forma, não seria difícil.

Os bloggers começam a ser considerados “opinion makers”. Tendo em conta esse facto, quais as principais preocupações que tens cada vez que publicas algo?

Sim, isso é um facto e está a tornar-se cada vez maior. A minha principal preocupação é dar sempre a minha opinião sincera. Se eu gosto muito de algo e vejo que vale a pena partilhar, então eu vou ser o mais detalhado possível na descrição, vou aconselhar, vou ser honesto.

Publicidade

Se não gostar de alguma coisa, então eu vou voltar a ser sincero e vou explicar o porquê de não gostar. O mesmo acontece em relação às parcerias: se eu achar que uma marca não foi responsável para com os serviços que se dizia saber prestar, então eu vou alertar os meus seguidores para esse facto pedindo-lhes que tenham cuidado; se eu não achar que os produtos são bons, eu vou dizer que, a meu ver, os produtos não têm a melhor qualidade. Contudo, se uma parceria se revelar muito boa, então eu vou aconselhar ao máximo. Não faz sentido eu mentir ou dizer bem somente por dizer. Devo a minha sinceridade a quem me lê diariamente e isso é o mais importante.

Quem é a pessoa por detrás do Pieces of Me? Quem é o Miguel Gouveia que não aparece no blog?

O Miguel que não aparece no blog é ainda uma pessoa tímida, com sede de viver e com muitas aventuras também por viver. É uma pessoa que não desiste, que todos os dias luta pelos sonhos. Sou uma pessoa insegura mas que, a par e passo, tem conseguido enfrentar tudo quanto pensava que me derrubava. #Redes Sociais