E se eu vos disser que agora todas as condições físicas têm a possibilidade de ter roupa que cubra o seu corpo? Sim, é verdade. Condições de deficiência física já não são uma limitação, depois da contribuição de #Tommy Hilfiger para o mundo da moda.

Hilfiger é um estilista reconhecido internacionalmente, que iniciou a sua carreira aos 18 anos, acreditando em si próprio mais do que nas críticas que lhe eram lançadas pelo seu próprio pai, e que tinha um desejo profundo de criar roupas que se adequassem ao movimento rock n’ roll. E nunca mais parou.

Em 2013, a estilista Mindy Scheier criou a organização Runaway of Dreams, para ajudar o seu filho Oliver, que nasceu com uma forma rara de distrofia muscular, e todas as crianças que estivessem em situações possíveis de resolver com esta ideia.

Publicidade
Publicidade

Tommy Hilfiger reconheceu este trabalho ao realizar uma parceria com a marca, lançando uma colecção para crianças com mobilidade reduzida, na linha da Primavera 2016. Depois do grande sucesso alcançado com a linha infantil, na passada semana (17 de outubro), o designer anunciou que iria lançar uma coleção adaptável para adultos. Será uma linha composta de 71 peças (37 masculinas e 34 femininas), especialmente desenvolvidas para que se tornem mais práticas.

As peças de roupa terão fechos magnéticos, ou de velcro, de forma a que tanto os que cuidam destas pessoas como a própria pessoa, tenham uma maior comodidade, podendo colocar a roupa pela cabeça, ou utilizar apenas uma só mão, sendo que as calças permitirão a aglomeração de uma prótese.

Mais vantagens incluem o tamanho plus size, representado no desfile por 93 modelos, bem como as cores escolhidas serem facilmente transcendentes a várias etnias.

Publicidade

A Tommy Hilfiger é assim um exemplo de uma marca reconhecida que se rendeu diante de situações reais e demonstra sinais de avanço no mercado desta área, procurando valorizar estas pessoas e dar um sentimento de inclusão às mesmas. Para além disto, Tommy Hilfiger tem contactado diversas personalidades do mundo da #Moda, como Gigi Hadid, para que sejam caras do projecto.

A comercialização ainda só está a ser realizada no webiste americano, aguardando-se a sua comercialização internacional. No entanto, as roupas já foram apresentadas no desfile Verão 2018, em Londres.

Os preços das peças variam entre US $ 29,50 e US $ 139,50, qualquer coisa como valores que rondam entre 25 euros e os 118 euros.