O mercado de trabalho em Portugal está complicado? Está a pensar emigrar para outro país europeu? Quer conhecer quais as melhores cidades para trabalhar na Europa? Então leia até ao final.

Dublin, Irlanda: Surge no primeiro lugar desta lista. Além de ser a melhor cidade europeia para trabalhar, a capital irlandesa foi considerada pela Mercer, uma empresa de consultoria nas áreas dos investimentos, benefícios, pensões e capital humano, como uma das melhores cidades do mundo para se viver. Empresas multinacionais como a Google e o Facebook têm lá as sedes europeias. LinkedIn, Amazon, Twitter e PayPal são outras companhias que pode encontrar em Dublin.

Publicidade
Publicidade

Amesterdão, Holanda: É o centro cultural e comercial da Holanda e foi considerada pela "Intelligence Unit" do "The Economist" como a melhor cidade do mundo para se viver. É também um dos mais conceituados centros financeiros europeus. Todas as grandes companhias holandesas estão representadas em Amesterdão e várias multinacionais que fazem parte do top-500 mundial também.

Barcelona, Espanha: A capital da Catalunha é hoje um importante marco europeu em diferentes sectores. No Turismo, na Cultura, na Economia e também nos Centros Desportivos, Barcelona destaca-se de outras cidades europeias. No entanto, ao contrário de outras cidades nesta lista, é importante saber falar a língua local juntamente com o inglês. Seja o espanhol ou o catalão. Sectores como o Logístico e o Bancário estão a ter um enorme crescimento nos últimos tempos.

Publicidade

Cracóvia, Polónia: Assim como outras cidades do leste europeu, Cracóvia tem recebido várias empresas multinacionais que procuram custos de operação mais baixos. A IBM, a Google, a Shell e o HSBC já lá estão, entre muitas outras.

Copenhaga, Dinamarca: A capital dinamarquesa já foi, por duas vezes, considerada a melhor cidade do mundo para se viver, muito devido à segurança, às iniciativas ecológicas mas também à conectividade com o resto da Europa. Em 2009 foi considerada a terceira cidade mais rica da mundo pelo que não é de admirar que os ordenados sejam muito altos quando comparados com outros locais europeus. No entanto, atenção ao custo de vida. Carlsberg, Novo Nordisk e Novozymes são apenas algumas das multinacionais que podemos encontrar.