As eleições na Europa poderão estar sob o risco de ciberataques de potências estrangeiras, de acordo com o comissário europeu da segurança. A Europa está pronta a receber várias eleições chave ao longo de 2017, com as respetivas organizações políticas preparadas para reforçar as suas defesas para enfrentar qualquer ataque informático.

Quais são as eleições que vão ocorrer na Europa?

Os cidadãos da Holanda vão a votos em 15 de Março, havendo ainda eleições gerais em França, depois na Alemanha e na Itália. Portugal, apesar não estar em estado de alerta como os países referidos anteriormente, também vai ter eleições, neste caso as autárquicas, que irão ocorrer entre Setembro e Outubro deste ano.

Publicidade
Publicidade

A Europa está vulnerável a ataques?

"É claro que muitas instituições ao longo da Europa e a própria comissão europeia estão cada vez mais expostos a ciberataques", diz Julian King, comissário europeu da Segurança, ao Financial Times. Estes ataques são persistentes, agressivos, cada vez mais perigosos e potencialmente destrutivos, acrescentou.

A França poderá estar tão vulnerável a ciberataques de potências externas como os EUA, como o que aconteceu nas presidenciais em 2016, segundo Jean-Yves Le Drian, ministro da defesa francês.

Ameaças múltiplas à segurança

Segundo relatórios da NSA, CIA e FBI, o presidente russo Vladimir Putin foi acusado de envolvimento direto numa ciber-campanha para fortalecer a candidatura de Donald Trump nas eleições presidenciais americanas.

Na Suécia, o primeiro-ministro Stefan Lovren alertou que os países bálticos enfrentam múltiplas ameaças de segurança, a maior parte delas vindas da Rússia.

Publicidade

Lovren alertou que houve ameaças iniciais contra esses países, como a presença militar cada vez maior no mar Báltico. O primeiro-ministro, num artigo para o Dagens Nyheter, lembrou a anexação ilegal da Crimeia por parte da Rússia, ocorrida em 2014, como um possível precedente para outros casos idênticos, A Suécia começou, esta segunda-feira, um encontro de 3 dias, sobre segurança nacional e defesa. #Internet #Política Internacional #Eleições Autárquicas