Na aldeia de Paderne, a trinta quilómetros de Faro, um homem esquizofrénico matou a sua mãe indefesa, de 70 anos de idade, utilizando uma caçadeira. As identidades de assassino e vítima são desconhecidas, mas as autoridades locais já conseguiram neutralizar o homicida. Depois de a este doente do foro psiquiátrico terem sido tirado duas armas de fogo no passado, a população local acredita que uma tragédia, mais tarde ou mais cedo, poderia acontecer. Dado o seu historial psiquiátrico e os seus surtos de violência, muitas vezes com armas de fogo, este desfecho terá sido uma falha mortal da #Polícia Judiciária e das autoridades competentes?

Segundo os relatos das testemunhas, bastou apenas um tiro para um homem de 40 anos matar a sua mãe, dentro da sua própria casa. Quando a polícia chegou ao local a mulher de 70 anos já estava morta, mas as autoridades ainda demoraram algum tempo a neutralizar o homicida. Vários familiares garantem, ao Correio da Manhã, que esta tragédia poderia ter sido facilmente evitada se, nas duas situações prévias em que o filho da vítima mostrou sinais de violência com armas de fogo, tivesse sido preso ou tratado numa clinica ou prisão psiquiátrica.

De facto, o assassino já tinha visto serem-lhe apreendidas duas armas de fogo que tinha na sua posse, por parte das autoridades locais, mas nunca sofreu nenhuma sanção por esses motivos. O homem tinha um longo historial de doenças mentais e os seus familiares garantem que este era esquizofrénico e que por vezes não tinha total controlo nas suas acções.

Numa altura em que o Algarve está cheio de turistas, este caso de pouco controlo policial pode facilmente assustar as pessoas que, em Albufeira e em Faro, passam as suas férias. Para além do homicida sofrer com as consequências dos seus actos, os habitantes pedem que haja mais cuidado por parte das autoridades competentes nestes casos de doentes que sofrem de esquizofrenia e revelam um historial de violência com armas de fogo e não só. Terá esta mãe sido vítima da doença mental do seu filho mas também de alguma incompetência da polícia, visto o historial do assassino? Deixem as vossas opiniões em baixo na caixa de comentários. #Crime