Duas pessoas morreram ao princípio da tarde deste domingo, 9 de Agosto, na sequência de uma colisão frontal entre dois veículos. O acidente ocorreu na Estrada Nacional (EN) n.º 125, no concelho de Lagoa. Da colisão resultaram ainda 4 feridos considerados graves que foram transportados para a Unidade Hospitalar de Portimão do Centro Hospitalar do Algarve. Os feridos são cidadãos franceses que estavam de férias na região, todos ocupantes de um dos veículos envolvidos.

O alerta foi dado cerca das 13:00 horas, tendo a colisão frontal ocorrido entre dois automóveis, ambos de matrícula portuguesa. A colisão aconteceu ao quilómetro 53,2 da EN125 à saída de Lagoa, na localidade de Carmo, junto a um conhecido estabelecimento comercial algarvio de artigos para jardins, no distrito de Faro. Quando os Bombeiros Voluntários de Lagoa chegaram ao local depararam-se com 4 pessoas fora dos veículos, todos com ferimentos considerados graves e que viajavam no mesmo automóvel.

Tratam-se de cidadãos franceses que se encontram de férias na região algarvia, segundo relatou Nuno Barros, adjunto do Comando da Corporação dos Bombeiros de Lagoa em declarações ao jornal Sul Informação. Os 2 ocupantes do outro automóvel ligeiro envolvido na colisão já não apresentavam sinais vitais e estavam encarcerados nos destroços do veículo.

Segundo o mesmo jornal, os 4 feridos foram transportados por ambulância para a Unidade Hospitalar de Portimão, pertencente ao Centro Hospitalar do Algarve. Quanto às vítimas mortais foram removidas e transportadas para o gabinete do Instituto de Medicina Legal.

No socorro estiveram envolvidos 24 operacionais auxiliados por 11 veículos das corporações de bombeiros de Lagoa e de Portimão, para além de elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da concessionária Rotas do Algarve.

Na sequência do acidente, o trânsito rodoviário na zona foi interrompido em ambos os sentidos, para facilitar as operações de socorro e remoção dos automóveis envolvidos. A circulação foi encaminhada para estradas alternativas, com a GNR a tentar facilitar o tráfego que se espera congestionado, não só por ser tarde de domingo, mas também devido à realização da final da Supertaça Cândido de Oliveira, no Estádio do Algarve. #Acidente Rodoviário