Segundo o jornal de notícias, cerca de dois mil adeptos do #Futebol Clube do Porto deslocaram-se até ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro para dar todo o seu apoio para a segunda mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões. A equipa portista neste momento já segue de avião rumo a Munique, onde irá na terça-feira, dia 21, jogar contra a equipa do Bayern Munique. Recorde-se que o FC Porto ganhou por dois golos de vantagem (3-1) na primeira mão, com dois golos apontados por Ricardo Quaresma e outro por Jackson Martínez, e irá debater-se contra a equipa alemã com uma margem que poderá ser anulada com dois tentos por parte da equipa do Bayern (em caso de empate, contam os golos fora).

Espera-se que a equipa azul e branca tenha uma grande massa associativa no Allianz Arena face aos adeptos que irão de viagem com a comitiva portista, mas também devido à comunidade portuguesa a viver na Alemanha e também na Suíça. O número oficial de adeptos portistas ainda não é conhecido mas deverá rondar os 4 mil.

De lembrar ainda que o FC Porto não atinge as meias-finais da competição desde 2003/2004, época em que conseguiram mesmo chegar à final e vencer o Mónaco por 3-0, com uma equipa aos comandos de José Mourinho que na época anterior também tinha conseguido conquistar a já extinta Taça UEFA.

O FC Porto para este jogo não poderá contar com Danilo e Alex Sandro (ambos suspensos por acumulação de amarelos) pelo que a dúvida mantém-se sobre quem irá assumir o lado esquerdo e direito da defesa portista, que deverá ficar para Martins Indi e Ricardo Pereira. Quanto ao Bayern, o jornal alemão Bild chega mesmo a afirmar que Bastian Schweinsteiger recuperou de lesão e está apto para o jogo de terça-feira, assim como Philipp Lahm que falhou o jogo frente ao Hoffenheim a contar para o campeonato alemão devido a uma infecção gastrointestinal. Pelo contrário, Franck Ribéry está ainda em dúvida, enquanto Arjen Robben, David Alaba, Mehdi Benatia e Javi Martínez são baixas confirmadas para a equipa orientada por Josep Guardiola, que terá de correr atrás do prejuízo face ao resultado obtido no Estádio do Dragão. #F.C.Porto