Resumo da partida.

Pode-se dizer que o jogo teve duas partes perfeitamente distintas. Uma primeira parte bem disputada por ambas as equipas que foram usando as suas armas para procurar o golo. O Chelsea acabou por ter as duas melhores oportunidades de golo por intermédio de Óscar e Ramires mas foi o Arsenal quem teve mais posse de bola no ataque.

Na segunda parte o Chelsea conseguiu arrefecer mais o ritmo de jogo e foi saindo menos no contra-ataque apostando mais na contenção de bola. O Arsenal manteve a toada ofensiva e foi criando algum perigo para a baliza de Courtois mas não conseguiu ser eficaz. O Chelsea de Mourinho conseguiu assim um dos objectivos propostos para este jogo, não perder. Estatisticamente falando o Arsenal teve mais posse de bola, 56% contra 44% do Chelsea mas nos remates registou-se um equilíbrio que ajuda a confirmar o nulo. O Arsenal rematou 8 vezes contra 7 do Chelsea registando-se 3 remates para cada uma das equipas.

O Chelsea mantém assim os dez pontos de vantagem do Arsenal, que agora tem a companhia do Manchester City (com mais um jogo que os Gunners) no segundo lugar. Faltam agora cinco pontos para o Chelsea segurar a conquista da #Premier League.

Final da partida. Arsenal, 0 - Chelsea, 0.

90+4' - Cartão amarelo para Monreal por falta sobre Ramires.

90+2' - Cartão amarelo para Cazorla por falta sobre Hazard.

90' - Lance de perigo por parte do Arsenal! A bola passa rasteira na grande área do Chelsea mas ninguém a desviou para a baliza.

90' - Vão ser jogados mais quatro minutos de compensação.

89' - Substituição no Chelsea. Sai Fàbregas, entra Zouma.

88' - Cartão amarelo para Ramsey por falta sobre Hazard.

83' - Substituição no Arsenal. Sai Giroud, entra Walcott.

82' - O guarda-redes Courtois recebe assistência médica. Jogo interrompido.

80' - Welbeck obriga Courtois a defesa apertada. A bola sai para pontapé de canto.

76' - Substituição no Arsenal. Sai Coquelin, entra Welbeck.

75' - Cazorla apareceu em posição praticamente frontal à baliza de Courtois mas atira muito torto e para fora.

72' - Drogba a trabalhar bem sobre os defesas do Arsenal mas o remate sai ao lado após desvio. É pontapé de canto.

71' - Cartão amarelo para Ivanovic do Chelsea.

69' - Saída em falso de Courtois com Mertesacker a rematar ao lado.

68' - Cartão amarelo para Willian por falta dura sobre Koscielny.

67' - Terry afasta o perigo quando Özil partia para a grande área do Chelsea.

65' - Boa jogada do Chelsea com Drogba a rematar à figura de Ospina.

61' - Perda de bola do Chelsea na defesa mas o lance acaba por se perder sem perigo.

55' - Hazard atira muito por cima da baliza de Ospina.

53' - As equipas mantêm a toada ofensiva e um ritmo de jogo elevado.

50' - Ospina recebe assistência médica no relvado.

45' - Substituição no Chelsea. Sai Óscar, entra Drogba.

Início da segunda parte. Sai o Arsenal com a bola.

Resumo da primeira parte.

Jogo bastante equilibrado entre as duas equipas sempre na tentativa de procurar o golo. O Arsenal com mais posse e a tentar o ataque organizado contra um Chelsea que responde sempre bem no contra-ataque. Foram os Gunners que tiveram mais posse de bola mas as duas melhores ocasiões de golo da primeira parte pertenceram aos Blues.

Primeiro foi Óscar que faz um belo chapéu a Ospina mas o defesa do Arsenal Bellerín tira a bola praticamente em cima da linha de golo; depois foi Ramires a aparecer isolado frente a Ospina mas atirou muito fraco e o guarda-redes Colombiano agarrou a bola com dificuldade. Vamos aguardar para ver o que nos reserva a segunda parte.

Intervalo na partida. Arsenal, 0 - Chelsea, 0.

45' - Vão ser jogados mais dois minutos de tempo de compensação.

43' - Jogada de insistência do Arsenal que termina com o remate de Özil à figura de Courtois.

39' - Remate de Alexis Sánchez que atira fraco e ao lado da baliza de Courtois.

37' - Excelente jogada de ataque do Chelsea! Brilhante combinação que isolou Ramires na área mas o jogador do Chelsea atirou fraco para as mãos de Ospina.

34' - Cartão amarelo para Coquelin. Antes, grande jogada do Arsenal com Cahill a cortar a bola. Os jogadores do Arsenal ficaram a pedir mão na grande área.

32' - Até agora as defesas das duas equipas têm estado em bom plano.

26' - Boa jogada de Özil que assiste Giroud mas o Francês atira muito por cima.

25' - Jogo muito intenso no Emirates. O Arsenal tem mais bola e o Chelsea responde com perigo no contra-ataque.

22' - Cartão amarelo para Fàbregas por simular um penalti.

18' - O Arsenal tem procurado mais o ataque mas a primeira grande ocasião de golo é para o Chelsea!

16' - Óscar ficou lesionado na sequência do lance e sai para receber assistência médica.

15' - Que lance! Bellerín evita praticamente em cima da linha o golo do Chelsea. Óscar fez um excelente chapéu sobre o guarda-redes Ospina mas o defesa Espanhol conseguiu atirar para canto.

9' - O Arsenal está a fazer um pressão bastante alta sobre o Chelsea.

8' - Ivanovic tem uma entrada dura sobre Alexis Sánchez. O árbitro avisa o jogador do Chelsea.

4' - Cazorla bate o livre directamente para as mãos de Courtois.

3' - Livre perigoso para o Arsenal. Falta sobre Alexis Sánchez.

16:01 - Início da primeira parte. Sai o Chelsea com a bola.

16:00 - Cumpre-se um minuto de silêncio em memória dos 56 adeptos que morreram num incêndio numa bancada no estádio do Bradford.

15:57 - As equipas já estão no relvado prontas para começar!

15:30 - Everton, 3 - Manchester United, 0.

O Arsenal, em caso de vitória pode ganhar uma importante vantagem sobre um #Directo perseguidor na luta por um lugar de acesso directo à Champions League de 2015/16.

15:20 - Suplentes de Chelsea e Manchester United.

O Arsenal terá no banco de suplentes: Szczesny (GR), Debuchy, Gibbs, Jack Wilshere, Mathieu Flamini, Theo Walcott e Danny Welbeck.

O Chelsea terá no banco de suplentes: Petr Cech (GR), Filipe Luis, Kurt Zouma, Obi Mikel, Didier Drogba, Cuadrado e Ruben Loftus-Cheek.

15:10 - Onzes iniciais das duas equipas!

O Arsenal vai actuar com: David Ospina (GR), Héctor Bellerín, Nacho Monreal, Per Mertesacker (c), Tomás Koscielny, Santi Cazorla, Aaron Ramsey, Francis Coquelin, Mesut Özil, Olivier Giroud e Alexis Sánchez.

O Chelsea vai actuar com: Thibaut Courtois (GR), Ivanovic, Azpilicueta, John Terry (c), Gary Cahill, Willian, Matic, Ramires, Óscar, Cesc Fàbregas e Hazard.

15:00 - Origens do Chelsea.

O Chelsea foi fundado a 10 de Março de 1905 mas a história do clube começou anos antes. Em 1896 dois irmãos, Henry e Joe Mears, juntaram-se e compraram o Stamford Bridge localizado na zona Oeste de Londres com a intenção de receber jogos de #Futebol de alto nível mas só em 1904 é que tomaram posse do imóvel. De acordo com as leis da época, o novo proprietário só poderia tomar posse após o falecimento do actual. Os irmãos Mears tentaram vender o estádio ao Fulham mas a negociação falhou, assim como falhava o objectivo de trazer jogos de futebol de alto nível para Stamford Bridge. O próximo passo foi negociar a venda do imóvel à Great Western Railway Company que estava a construir a ligação ferroviária de Londres à zona Oeste de Inglaterra mas Fred Parker, amigo dos dois irmãos, desaconselhou a venda e aconselhou-os a criar um clube para disputar jogos no estádio. Nasceu assim o Chelsea Football Club.

14:40 - Origens do Arsenal.

O Arsenal foi fundado em 1886 e ganhou a alcunha de "Gunners" por ter sido fundado por um grupo de operários de uma fábrica de armamento. O que era suposto começar como um passatempo acabou num dos clubes históricos de Londres e do futebol Inglês. Nos seus primeiros tempos, o clube designava-se por Woolwich Arsenal em referência à fábrica onde trabalhavam os operários fundadores do clube. O canhão foi o símbolo "atirador" escolhido para completar o emblema do clube. O clube está localizado no Norte de Londres, mais concretamente na zona de Holloway.

12:00 - As declarações de Wenger e Mourinho.

Arsène Wenger considera, e os números assim o dizem, que o Arsenal está no melhor momento de forma da época com 8 vitórias consecutivas. Wenger quer aproveitar este bom momento para contrariar a história, que nada lhe diz e que a sua equipa tem tudo para contrariar o poderio do Chelsea principalmente nos lances de bola parada e nos contra-ataques. Wenger referiu ainda que matematicamente o título ainda é possível mas a vantagem está nas mãos do Chelsea: "primeiro há que tentar a aproximação, depois há que esperar por mais deslizes do adversário".

José Mourinho, treinador do Chelsea, foi mais uma vez "corrosivo" quanto ao treinador do Arsenal não considerando e não sentindo Wenger como um rival seu. Mourinho considera que Wenger é um treinador de um grande clube da cidade onde vive e trabalha e que tem os mesmos objectivos. Mourinho acrescentou que via da mesma forma Diego Simeone aquando da sua passagem pelo Real Madrid. Mourinho acrescentou ainda que não sente nenhum orgulho especial por nunca ter sido derrotado por Wenger. O treinador Português refere que não olha a números nem ao que fez a determinado treinador ou clube.

11:00 - Sejam bem-vindos ao Emirates, casa do Arsenal e onde se vai realizar o jogo do título em Inglaterra!

Disputa-se hoje um dos jogos mais escaldantes da Premier League, o Arsenal vs Chelsea. As duas equipas de Londres têm uma das maiores rivalidades em Inglaterra e recentemente tem sido agudizada graças aos dois treinadores das respectivas equipas, Wenger e Mourinho. Os confrontos entre as duas equipas a contar para a Premier League, e aqui levamos só em conta os jogos no terreno do Arsenal, acontecem há mais de 100 tendo o primeiro confronto acontecido a 7 de Março de 1908, o jogo terminou empatado 0-0.

O Chelsea de Mourinho leva uma vantagem de dez pontos sobre o seu rival de Londres. A equipa de José Mourinho tem 76 pontos contra 66 do Arsenal de Wenger. Uma vitória dos Blues significa que o título Inglês fica praticamente entregue à equipa orientada pelo técnico Português enquanto que uma vitória do Arsenal adia a questão do título para as jornadas seguintes e deixa os Gunners ainda com uma réstia de esperança em chegar ao primeiro lugar.

No histórico de confrontos entre estas duas equipas, o Arsenal leva vantagem com 31 vitórias contra 20 do Chelsea. Registaram-se ainda 21 empates entre os dois conjuntos. O Chelsea transformou-se nos últimos anos num colosso do futebol Europeu mas mesmo assim não costuma ser muito feliz nas deslocações que tem feito ao terreno do rival tendo vencido somente por 5 vezes nos últimos 25 anos. Contudo, três dessas cinco vitórias ocorreram nos últimos cinco anos e logo com resultados amplos de 4-1 e 3-0. A juntar a este facto, em 12 jogos Wenger nunca venceu Mourinho; o melhor que conseguiu foram 5 empates.

O período mais vencedor dos Blues foi na década de 60, mais concretamente entre 1960 e 1965. O Chelsea venceu por seis vezes consecutivas e nessas ocasiões marcou sempre três ou mais golos. Nas vitórias do lado do Arsenal há a destacar um período entre 1998 e 2003 com seis vitórias e um empate em sete jogos com o seu rival mas foi em 1979 que o Arsenal conseguiu o seu resultado mais dilatado vencendo por 5-2. O jogo que teve mais golos entre Gunners e Blues aconteceu em 1958 e acabou com uma vitória para o Arsenal por 5-4.