É já este domingo, 26 de abril, que #Benfica e FC Porto se encontram. Este é um jogo muito aguardado pelos adeptos dos dois clubes, sendo chamado de "jogo do título" dadas as posições atuais de ambas as equipas na tabela classificativa. Durante a semana foram várias as reações de grandes figuras do desporto nacional em relação ao "Clássico" que se vai jogar a partir das 17 horas no Estádio da Luz.

Manuel José, experiente treinador, afirmou que o "Benfica pode tirar proveito de um FC Porto fragilizado jogando como costuma jogar no Estádio da Luz, fazendo grande pressão sobre o mesmo e não deixar o adversário readquirir a confiança." O treinador português referiu também que a equipa azul e branca perdendo no Estádio da Luz, irá viver outro doloroso pesadelo: o de perder a oportunidade de ganhar qualquer competição.

Jaime Pacheco, em entrevista à Radio Renascença, para além de culpar Lopetegui pela pesada derrota em Munique, afirma que a tática usada pelo espanhol foi errada e que para o jogo com o Benfica "só irá ganhar se jogar em 4x4x2. Com o 4x3x3 terá menos hipóteses."

José Moreira, antigo guarda-redes do Benfica, e atualmente a representar o Omonia (Chipre), referiu, em entrevista ao jornal do clube encarnado, o quão importante o apoio dos adeptos será para a equipa encarnada: "Um Estádio da Luz cheio é muito importante para os jogadores, porque dá confiança e motiva a equipa. Às vezes é preciso o apoio dos adeptos para aquela bola entrar e para aquele cruzamento sair perfeito. É muito importante que os adeptos apoiem a equipa e se em algum momento as coisas não estiverem a correr bem, continuem a apoiar. Um jogo tem 90 minutos, muita coisa pode acontecer e às vezes assobiar, por uma perda de bola ou algo menos bom que aconteça, pode criar nervosismo nos jogadores."

Manuel Serrão, comentador desportivo e fanático portista, quer vingança na Luz. "Espero que seja o Benfica a pagar a fatura do que aconteceu em Munique." O adepto portista não tem dúvidas das capacidades do FC Porto: "O FC Porto tem equipa mais que suficiente para ganhar na Luz."

Paulo Futre, de visita ao MEO Arena devido à Final-Four de Futsal, admite que a pesada derrota em Munique poderá influenciar em muito o estado de espírito da equipa azul e branca: "Foi uma derrota duríssima. Não acredito num fantasma de Munique, mas se sofrem um golo nos primeiros minutos, poderá pesar. Se terminar empatado, o Benfica é praticamente campeão, e se ganhar será mesmo campeão."

O Presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), José Gomes, não revelou qualquer tipo de preocupação com o desempenho que Jorge Sousa terá no "Clássico". Em entrevista ao programa Bola Branca, da Rádio Renascença, afirmou: "A equipa de arbitragem, e sobretudo o Jorge Sousa, serão certamente os melhores em campo." #F.C.Porto