Um confronto aparentemente combinado entre adeptos do Alavés e do Real Bétis lançou esta manhã o pânico nas ruas de Vitória (País Basco). As horas que antecedem o duelo entre as duas equipas da Liga Adelante, a equivalente à Segunda Liga portuguesa, estão a ser muito tensas. Depois da polícia ter ontem considerado o jogo de alto risco, um confronto entre duas facções mais radicais de ambos os clubes obrigou um agente da Ertzaintza – polícia basca – a disparar vários tiros para o ar de forma a dispersar os aficionados que usaram tudo o que estava “à mão” para agredir os “adversários”. Mesas, cadeiras e até caixotes do lixo serviram de arma de arremesso. O dispositivo policial foi reforçado nas imediações do Estádio Mendizorroza.

Sem registo de feridos e muito menos de detidos, tudo aponta que o confronto físico entre os dois grupos organizados estaria “combinado” e previsto por ambas as partes. Curiosamente, ou talvez não, a confusão estalou assim que os adeptos do Bétis, chegaram de Sevilha. Assim que os radicais béticos puseram o pé na cidade de Vitória, os “oponentes” bascos do Alavés passaram ao ataque. Este episódio grave acabou por dar razão à medida tomada de urgência por parte da Comissão Anti-Violência de Espanha, que decidiu, durante esta madrugada, classificar este jogo como sendo de alto risco. Horas mais tarde, os factos falaram por si e acabaram por ir de encontro aos receios daquele órgão de segurança.

Os confrontos ocorreram quando o relógio marcava 12:15 em Espanha, menos uma hora em Lisboa, numa rua onde estão instalados vários hotéis. Usando desde mesas, e cadeiras de esplanadas e bares das redondezas, caixotes do lixo e garrafas de um vidrão foram “transformadas” em armas de arremesso. Valeu a pronta intervenção de um polícia basco que estava à paisana que assim que deu conta da gravidade do ocorrido, disparou vários tiros para o ar de forma a dispersar um confronto que poderia alcançar outra dimensão num esfregar de olhos. O jogo está marcado para as 17:15 (hora de Lisboa) e coloca frente a frente o actual líder da Liga Adelante, o Bétis de Sevilha e o Alavés, nono da classificação. #Futebol #Liga Espanhola