Hélton será a grande novidade nas escolhas de Julen Lopetegui para o tão aguardado "jogo do título". A derrota por 6-1 do FC Porto, na Allianz Arena, fez a sua mossa e o guardião brasileiro Fabiano será o primeiro a cair, perante a importância do jogo frente ao SL #Benfica, líder do campeonato com três pontos de vantagem. Fabiano tem acumulado alguns maus momentos pela equipa, como a expulsão frente ao Arouca, e os erros cometidos na segunda mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões terão sido a gota de água para o treinador dos dragões, que o colocará mesmo no banco.

Já Hélton tem correspondido por inteiro quando é chamado pelo seu treinador Julen Lopetegui desde que recuperou da grave lesão que sofreu no tendão de aquiles frente ao Sporting, em 2014. O ponto alto foi mesmo a exibição na Pedreira, frente ao SC Braga, para a Taça da Liga, onde, com apenas 9 jogadores, o FC Porto conseguiu arrancar um empate a uma bola, muito por 'culpa' do guardião brasileiro, que esteve verdadeiramente inspirado nessa noite.

Do outro lado, Jorge Jesus verificou nesta manhã de domingo que terá uma baixa de vulto para aquele que poderá ser o seu jogo mais importante da época. O argentino Eduardo Salvio não conseguiu recuperar a tempo de uma lesão muscular e abandonou mais cedo o centro de estágio do SL Benfica. Com o extremo fora das contas para a trigésima jornada, deverá ser mesmo Ola John o maior candidato a ganhar a vaga que existe agora para o onze inicial dos encarnados.

À partida para este jogo as equipas estão separadas por apenas três pontos, sendo que uma vitória do FC Porto por apenas um golo deixará ainda o SL Benfica na primeira posição, devido ao desempate por confronto direto, depois da vitória por 2-0 dos encarnados no Dragão. Caso o FC Porto conseguia ganhar por 2-0, o desempate partirá para a diferença de golos. Se o FC Porto ganhar por 2 golos, mas sofrer algum golo (e.g. 3-1 a favor dos dragões), passam a ganhar no confronto direto. Uma vitória dos encarnados coloca praticamente um ponto final na corrida ao título. #Futebol #F.C.Porto