Depois de uma dura e complicada passagem às meias-finais da Liga dos Campeões, o #Real Madrid aponta agora baterias para a conquista da #Liga Espanhola. A equipa comandada por Carlo Ancelotti terá uma deslocação difícil ao terreno do Celta de Vigo já este domingo, 26 de Abril. Apesar de ocupar actualmente o 10.º lugar da tabela classificativa, o Celta de Vigo é uma equipa complicada em casa e costuma criar bastantes dificuldades aos adversários que recebe. Prova disso é a derrota que o Real Madrid sofreu a época passada neste mesmo campo por 2-0.

O jogo ganha ainda maior carácter de dificuldade para Cristiano Ronaldo e companhia devido à recente onda de lesões que tem afectado peças fundamentais da equipa de Madrid como Modric, Bale e Benzema. A juntar a este cenário, o Real Madrid terá que encarar a partida contra o Celta ainda bastante desgastado do jogo da segunda mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões contra o Atlético de Madrid que terminou com a vitória dos Merengues por 1-0. O Real não pode perder esta partida sob risco de deixar fugir o Barcelona na liderança do campeonato e espera uma eventual escorregadela do rival catalão para poder recuperar a liderança perdida há algumas jornadas atrás. De referir que o Barcelona defronta este fim-de-semana o Espanyol, sendo este o dérbi da Catalunha.

O histórico de confrontos entre Celta e Real Madrid, realizados no Municipal de Balaídos para a Liga Espanhola, nos últimos anos mostra alguns resultados interessantes de analisar. Só também apontar que o Celta andou alguns anos nas divisões inferiores. O ano passado o Real perdeu por 2-0 mas nos onze confrontos anteriores entre estas duas equipas o Real Madrid venceu por seis vezes consecutivas e o Celta de Vigo por cinco vezes consecutivas. O período de vitórias do Real Madrid aconteceu entre 2002 e 2013 sempre por resultados magros, excepto em 2003 onde os Merengues venceram por 2-0. Já do lado do Celta, há a destacar três resultados folgados nestas cinco vitórias: em 1997 por 4-0, em 1999 por 5-1 e em 2001 por 3-0.