Muito se tem falado da continuidade, ou não, do extremo no #Sporting. Inicialmente, quando na transferência de Rojo se incluiu Nani, o acordo era de um empréstimo de uma temporada, sendo que no final da mesma o jogador regressaria a Manchester. Há umas semanas atrás, falou-se da possibilidade dos leões lutarem pelo jogador e tentarem a extensão do empréstimo por mais uma temporada. Bruno de Carvalho veio desmentir essa notícia.

Mais recentemente, é notícia que Jorge Mendes teria iniciado contactos com o Manchester, de forma a conseguir a continuidade do internacional português em Alvalade por mais uma temporada. Contudo, também esta notícia já foi desmentida, alegando que o Sporting não está interessado e que essa é uma hipótese que não está em cima da mesa.

Nani, que foi assistir ao Estoril Open, falou aos jornalistas, dizendo que tem aproveitado ao máximo esta época no clube de Alvalade. "Foi excelente! Já desfrutei o máximo de ter vindo a Portugal e de ter estado no Sporting, que foi excelente", confessou o atleta.

No entanto, o jogador diz que a temporada ainda não terminou e que, neste momento, o seu principal objetivo é vencer a Taça de Portugal. "Ainda estou muito concentrado no nosso último objectivo, que é ganhar a Taça de Portugal, mas estou muito satisfeito por tudo o que me aconteceu esta época", afirma. Por fim, o jogador falou da continuidade em Alvalade. Não confirma, nem desmente, alegando que: "Sou jogador do Manchester. Tenho sempre de regressar, mas logo se vê o que vai acontecer. Não posso dizer que continuar no Sporting é impossível. Impossível nunca é".

Contudo, isto tudo poderá ser uma jogada de bluff por parte da Direcção do Sporting. É importante referir que assim que o jogador chegue a Manchester, a prioridade dos Red Devils será vendê-lo. Será que os leões não poderão avançar com uma proposta? Ou mesmo inclui-lo numa troca por algum jogador, que seja do interesse do clube de Manchester, e que torne este negócio mais fácil? Esta seria a única forma do Sporting conseguir a permanência de Nani, porque seria impensável avançar para uma proposta de compra do passe do extremo. Os leões não têm capacidade financeira para comprar o jogador, nem tão pouco mantê-lo no clube, visto que este aufere cerca de 2,5 milhões de euros anuais. #Futebol