Paulo Bento, antigo seleccionador nacional, foi um dos protagonistas do Oviedo entre 1996 e 2000, acompanhado por Abel Xavier, outro internacional português, de 96 a 98, antes da grave crise, iniciada em 2001, que atirou este popular clube das Astúrias para os escalões inferiores do campeonato espanhol. Contudo, Carlos Slim, detentor da segunda maior fortuna do mundo, decidiu comandar, em 2012, os destinos do Oviedo, pelo que as recuperações desportiva e financeira já se notam.

O Oviedo lidera o Grupo I da II Divisão B, terceiro escalão da hierarquia do #Futebol de "nuestros hermanos", e está, por isso, bem posicionado para lutar pelo "play-off" de acesso à II Liga. Tem neste momento 76 pontos, mais 11 do que o Múrcia, segundo classificado. Carlos Slim, cuja fortuna está avaliada em 72 milhões de euros, vai reforçar a sua posição no clube, através do Grupo Carso, preparando-o para disputar a II Liga e, depois, para a principal divisão de Espanha, uma das melhores do mundo, não só por razões desportivas, mas por fortes motivos financeiros.

O sonho de Slim

Carlos Slim pretende que, dentro de três a quatro temporadas, o Oviedo se torne um dos clubes mais fortes do futebol espanhol, ao nível de Valencia ou Sevilha e, mais tarde, possa lutar pelo título de campeão, ao lado de Barcelona e Real Madrid.

Entre as 38 épocas na I Divisão espanhola, o Oviedo não conseguiu melhor do que o terceiro lugar, em 34/35, 35/36 e 62/63. Atingiu as meias-finais da Taça do Rei, em 1934 e 1946, e uma presença na extinta Taça UEFA, em 1991/1992.

Curiosamente, quando chegou às Astúrias, a fortuna de Slim estava avaliada em 69 milhões de dólares, tendo começado por investir no clube dois milhões de euros.

Paulo Bento como aposta

O ex-médio ainda hoje é recordado no Oviedo, que visita para encontrar amigos, e é desejado por muitos como treinador quando a equipa voltar a disputar a I Liga espanhola. Actualmente, está disponível para treinar, depois de ter abandonado o comando técnico da Selecção portuguesa. Curiosamente, Abel Xavier é o actual líder técnico do Sp. Farense, na II Liga de Portugal.