Julen Lopetegui saiu do jogo com o Bayern Munique, há uma semana, com o estatuto de um dos melhores treinadores do planeta, depois da vitória por 3-1, coroada com uma exibição fantástica. O apuramento para as meias-finais da Liga dos Campeões, perante de uma equipas mais fortes do mundo, estava na mira e, rapidamente, surgiu nos jornais a possibilidade de o catalão regressar a Espanha para orientar tecnicamente o poderoso Real Madrid.

No entanto, na última terça-feira, bastaram 90 minutos para a notável aura de Lopetegui desaparecer, depois da inesperada goleada, por 6-1, sofrida diante dos bávaros, na Alemanha. O treinador do FC Porto, que cumpre a primeira temporada no clube, foi altamente criticado, sobretudo na comunicação social, por ter apresentado no onze titular quatros defesas centrais, mas, curiosamente, os adeptos receberam a comitiva de forma apoteótica quando chegou a Portugal.

Começou a perspectivar-se que Julen Lopetegui não iria resistir à histórica derrota na Liga dos Campeões Europeus, o que poderia ser reforçado com o empate ou derrota do FC Porto diante do Benfica, no domingo, no Estádio da Luz, a partir das 17 horas. Se empatar, os dragões continuarão no segundo lugar, a três pontos dos encarnados, mas em caso de derrota o cenário será muito pior: a desvantagem aumentará para seis pontos e a corrida para o título ficará praticamente perdida.

A intenção de Pinto da Costa

Pinto da Costa já demonstrou publicamente confiança em Julen Lopetegui, indiferente à goleada sofrida na Alemanha. Independentemente do treinador conseguir, ou não, devolver o título de campeão nacional aos dragões. "Estamos totalmente sintonizados e queremos que fique muitos anos", revelou o histórico dirigente ao Canal Plus, de Espanha.

Contudo, por vezes, os treinadores recebem confiança de presidentes, mas acabam por ser demitidos, podendo a intenção de Pinto da Costa servir como forma de motivar Julen Lopetegui e o grupo de trabalho até ao final da temporada. De qualquer forma, se o FC Porto for campeão nacional, o treinador deverá receber o "passaporte" para a próxima temporada. #Futebol #F.C.Porto