Vida difícil para Fábio Paim. O futebolista português, antiga promessa do Sporting, que assinou pelos lituanos do Nevezis há cerca de um mês, encontra-se detido naquele país, por suspeita de violação. A notícia faz eco em Portugal através do jornal "Record", que adianta que Kestutis Kasciukevicius, porta-voz da polícia de Kaunas, confirmou a detenção em declarações ao portal DELFI. Recorde-se que esta é a segunda vez que o jogador português, de 27 anos, se vê envolvido em situações desta natureza. Já em 2012, Fábio Paim foi acusado de violação por uma jovem de Cascais, mas o #Crime acabou por não ter sido confirmado.

Saul Skibiniauskas, director desportivo do clube que milita na segunda liga lituana, já veio a terreiro comentar o episódio, tendo afirmado que soube que alguém acusou o jogador português, mas que não pode "comentar mais nada" porque não sabe de pormenores. Ainda assim, o responsável do Nevezis sublinhou que Fábio Paim lhe disse que "houve um mal-entendido". Caso se venha a confirmar que, de facto, o jogador cometeu este crime, o mesmo pode ser penalizado com pena de prisão até 7 anos.

Também o treinador do clube não deixou de se pronunciar sobre o assunto. Em declarações à publicação lituana, citadas pelo "Record", Darius Urbelionis deixou elogios ao extremo luso, mas salientou os "problemas psicológicos" com que se depara Fábio Paim. "O Fábio é uma pessoa muito positiva e simpática. Ele já perdeu muito durante a vida e agora está a tentar recuperar. É verdade que no passado apresentava qualidades que agora já não tem e que sofre de alguns problemas do foro psicológico", afirmou.

Em entrevista recente ao site Mais #Futebol, o português admitiu que cometeu "muitos erros" no passado, relembrando as "saídas" as "mulheres" e os "excessos" cometidos há uns anos. Ao longo da sua carreira, Fábio Paim já representou clubes como o Sporting, Paços de Ferreira, Rio Ave, Oliveirense, Chelsea (reservas), entre outros, tendo sido, ainda, internacional português pelas camadas jovens (sub-16 até sub-21).