O #Benfica recebeu o Penafiel no Estádio da Luz, e se haviam algumas preocupações quanto à pressão de ganhar, cedo ficaram desfeitas. Lima deu vantagem e a segurança necessária às águias ainda nos 10 minutos iniciais, bisando aos 63'. Pelo meio, Jonas (30') e Pizzi (60') confirmaram a vitória do Benfica por 4-0 frente ao "condenado" Penafiel. Falta agora saber se o FC Porto conseguirá pressionar o Benfica ou se a equipa de Jorge Jesus já pode encomendar as faixas de campeão esta jornada.

O início de jogo por parte dos encarnados foi demolidor perante um Penafiel receoso e fraco defensivamente. Aos 8', Maxi Pereira ganha espaço na direita e cruza para Lima inaugurar o marcador na Luz. À meia hora de jogo, novo golo do Benfica: Jonas dribla os defesas do Penafiel na grande área e remata colocado para o 2-0, igualando Jackson Martínez na lista de melhores marcadores da liga, com 18 tiros certeiros. Nesta altura os benfiquistas já podiam relaxar e começar a pensar na próxima deslocação difícil a Guimarães.

Mas a segunda parte viria a trazer mais futebol espectáculo, com Pizzi a fazer um belo remate à entrada da área para o 3-0. No minuto seguinte, aparece Lima a aproveitar um erro defensivo do Penafiel para fechar a contagem em 4-0. O Penafiel, já condenado à 2ª divisão, mostrou-se sempre uma equipa nervosa e incapaz de discutir o resultado. Apenas com 19 pontos, descem de divisão, e, para a próxima época, vão lutar para voltar ao principal campeonato português.

Destaque ainda para os cartões amarelos mostrados a Maxi Pereira e Samaris, que vão falhar o próximo jogo do Benfica, em Guimarães. O Benfica tem a possibilidade de se tornar bicampeão já esta jornada, caso o FC Porto perca com o Gil Vicente amanhã, no Estádio do Dragão.

Equipas iniciais

Benfica: Júlio César; Luisão, Jardel, Maxi Pereira e Eliseu; Samaris, Pizzi, Salvio e Sulejmani; Jonas e Lima.

Penafiel: Haghighi; Pedro Ribeiro, Dani, Ustaritz e Vítor Bruno; João Martins, André Fontes e Rafa Sousa; Rabiola, Braga e Quiñones. #Primeira Liga Portuguesa