Resumo da partida.

Uma vitória que acaba por ser justa para os Encarnados. A primeira parte foi equilibrada e viu um Marítimo aguerrido e com vontade de discutir o jogo, os insulares criaram bastantes problemas à linha defensiva do #Benfica. O Benfica entrou mais forte e chegou ao golo logo aos 6 minutos por intermédio de Lima na sequência de um lançamento de linha lateral. O Marítimo começou depois a tomar conta do jogo e aos 16 e 17 minutos obriga Júlio César a duas enormes defesas. Os insulares continuaram a pôr o pé no acelerador e aos 31 minutos Marega empata a partida. O Marítimo empolgado no ataque acabou por descurar a defesa e num rápido contra-ataque Jonas dá vantagem aos encarnados aos 42 minutos. Chegou-se assim ao intervalo com o marcador em 2-1.

Na segunda parte a história do jogo foi diferente e o Benfica acabou por subir mais de produção. Aos 60 minutos, Lima bisa na partida a passe de Maxi Pereira e dá mais tranquilidade à sua equipa. O Benfica continuou a ter mais oportunidades para marcar e viu um golo ser anulado a Jonas aos 68 minutos por alegado fora de jogo, o jogador Brasileiro viria a bisar aos 83 minutos mas foi insuficiente para ultrapassar Jackson Martínez na lista dos melhores marcadores. O Marítimo também teve um golo anulado aos 85 minutos e aos 90 Marega obrigou Júlio César a mais uma grande defesa mas as ocasiões de golo foram mais escassas para a equipa Madeirense na segunda parte.

Quantos às estatísticas, O Benfica terminou o jogo com 60% de posse de bola contra 40% do Marítimo. Foram feitos 28 remates no total, 17 para o Benfica (9 à baliza) e 11 para o Marítimo (5 à baliza), o que demonstra que a equipa Insular não veio só para participar na festa. Só foram mostrados dois cartões amarelos durante toda a partida e para jogadores do Marítimo.

O Benfica termina assim em primeiro lugar com 85 pontos (27 vitórias, 4 empates, 3 derrotas), foi o melhor ataque do campeonato com 86 golos marcados e a segunda melhor defesa com 16 golos sofridos. Já o Marítimo acaba por ficar em 9º lugar com 44 pontos (12 vitórias, 8 empates, 14 derrotas).

Parabéns ao Benfica pela conquista do seu 34º título!

Luisão levanta o troféu. Que comece agora a festa!

Por fim entra o presidente Luís Filipe Vieira. Tudo a postos para o levantar da taça de Campeão.

Entra agora Jorge Jesus e a sua equipa técnica.

O último jogador a entrar é o capitão Luisão.

São agora chamados individualmente os jogadores do Benfica.

O troféu de campeão já está no relvado.

Começam agora os preparativos para a entrega do troféu de Campeão Nacional.

Final da partida. Benfica, 4 - Marítimo, 1.

90+5' - Livre #Directo de Jonas ao lado do poste esquerdo da baliza de Wellington.

90+4' - Lima com uma excelente desmarcação mas não consegue assistir Jonas. Boa intervenção do guarda-redes Wellington.

90' - Vão ser jogados mais cinco minutos de tempo de compensação.

90' - Grande defesa de Júlio César, mais uma, a remate de Marega!

89' - Cartão amarelo para João Diogo por falta dura sobre Gaitán.

86' - Remate de Talisca à figura de Wellington.

85' - Golo anulado ao Marítimo por fora de jogo. O lance deixa dúvidas.

83'- GOLOOOO do Benfica! Bis de Jonas após assistência de Sílvio. Falta um golo ao jogador Brasileiro para ser o melhor marcador da Liga.

82' - Substituição no Marítimo. Sai Xavier, entra Fransérgio.

79' - Substituição no Marítimo. Sai Rúben Ferreira, entra Igor Rossi.

78' - Remate de Samaris intercetado por Danilo.

76' - Cabeceamento de Maxi por cima da barra.

75' - Substituição no Benfica. Sai Salvio, entra Mukhtar. O jogador Argentino acaba por sair de maca.

74' - Salvio está a ser assistido no relvado. Pode ser uma lesão grave.

71' - Substituição no Marítimo. Sai Alex Soares, entra Eber.

69' - Jardel cabeceia muito ao lado.

68' - Golo anulado a Jonas por fora-de-jogo. O lance deixa muitas dúvidas.

66' - Jonas a aparecer novamente em boa posição mas falha o remate.

64' - Remate de Sílvio cortado pela defesa do Marítimo. É o Benfica que está agora por cima no jogo.

61' - Substituição no Benfica. Sai Eliseu, entra Sílvio.

60' - GOLOOOO do Benfica! Bis de Lima após assistência de Maxi Pereira. O jogador Brasileiro só teve que empurrar para o fundo da baliza.

59' - Grande defesa de Wellington a remate de Talisca.

58' - Contra-ataque perigoso do Marítimo resolvido por Jardel que corta para pontapé de canto.

57' - Lima a rematar ao lado após perda de bola da defesa do Marítimo.

55' - Que grande jogada de Jonas! O jogador Brasileiro consegue isolar-se mas o remate saiu ao lado.

54' - Toada de jogo mais calma nestes últimos minutos.

49' - Cabeceamento de Jonas para as mãos de Wellington.

46' - Boa desmarcação de Lima mas Gaitán adianta-se ao passe do Brasileiro, perde-se o lance.

45' - Substituição no Benfica. Sai Pizzi, entra Talisca.

Início da segunda parte. Sai o Benfica com a bola.

Resumo da primeira parte.

Primeira parte com dois momentos distintos. O Benfica entrou mais forte e teve o domínio do jogo nos primeiros 15 minutos chegando ao golo através de Lima. A partir daí, o Marítimo começou a equilibrar o jogo e obrigou Júlio César a grandes defesas aos 16 e 17 minutos. Aos 31 minutos a equipa Madeirense chega ao empate aos 35 poderia ter chegado à vantagem não fosse a bola bater nas costas de Jardel. O Marítimo empolgou-se de tal maneira no ataque que aos 42 minutos descurou a sua defesa e Salvio e Lima em contra-ataque construíram o lance que deu o golo a Jonas e a vantagem no marcador para o Benfica, o jogador Brasileiro está a dois golos de ser o melhor marcador da Liga NOS em 2014/15.

Intervalo na partida. Benfica, 2 - Marítimo, 1.

45' - Cartão amarelo para Rúben Ferreira por falta sobre Samaris.

44' - Esteve perto o empate! Marega a obrigar Júlio César a mais uma grande defesa.

42' - GOLOOOO do Benfica! Lima bem lançado no ataque por Salvio a assistir Jonas que só teve que empurrar para o fundo da baliza.

39' - Jonas procura espaço para o remate mas o mesmo sai muito torto e por cima.

35' - Pontapé forte de Danilo a bater nas costas de Jardel. É pontapé de canto.

31' - GOLOOOO do Marítimo! Marega passa a bola para Danilo que acaba por falhar o remate e também por enganar Júlio César. Está feito o empate!

26' - Bruno Gallo tentar furar na grande área do Benfica, Samaris atira a bola pela linha lateral.

25' - Luisão desperdiça! Em boa posição para poder rematar preferiu um passe para um colega, que sai muito por alto e para fora.

17' - Mais uma grande defesa de Júlio César a remate de Marega. O Marítimo aproxima-se agora com maior perigo.

16' - Que enorme defesa de Júlio César! Alex Soares completamente solto na grande área obriga o guarda-redes Brasileiro à defesa da tarde.

15' - Que perigo! Mais uma jogada onde o Benfica poderia ter feito o golo Jonas chuta contra um defesa do Marítimo e Gaitán não consegue o segundo remate.

12' - Perigo para a baliza do Marítimo. Livre indireto bem estudado pela equipa do Benfica e é Rúben Ferreira quem corta o remate de Lima.

6' - GOLOOOO do Benfica! Lançamento de Eliseu com pouca força com a defesa do Marítimo totalmente distraída. Lima aparece solto na pequena área e empurra para o fundo da baliza.

4' - Bom ataque por parte do Benfica, Salvio a aparecer bem na grande área mas a defesa do Marítimo corta pela linha lateral.

3' - Primeiro ataque do Marítimo, a bola sai para pontapé de baliza.

18:00 - Início da primeira parte. Sai o Marítimo com a bola.

17:58 - Ouve-se o hino do Benfica e as equipas preparam-se para entrar em campo. Um mar vermelho nas bancadas faz uma bonita coreografia.

17:40 - Suplentes de Benfica e Marítimo.

Benfica: Paulo Lopes (GR), Lisandro López, Cristante, Talisca, Mukhtar e Derley.

Marítimo: Salin (GR), Igor Rossi, Cristian, Fransérgio, Éber, Ebinho e Fábio Abreu.

17:30 - Onze inicial do Marítimo!

Wellington Gomes (GR), Briguel, Patrick Bauer, Raul Silva, Rúben Ferreira, Alex Soares, Danilo Pereira, Bruno Gallo, João Diogo, Marega e Xavier.

17:10 - Onze inicial do Benfica!

Júlio César (GR), Maxi Pereira, Luisão (c), Jardel, Eliseu, Samaris, Pizzi, Toto Salvio, Nico Gaitán, Lima e Jonas.

16:55 - A equipa de futebol do Benfica chega ao Estádio da Luz!

O autocarro que transporta a equipa é recebido à entrada do Estádio da Luz num clima de verdadeira euforia.

16:50 - Benfica, 75 - V.Guimarães, 67.

Para os Benfiquistas que nos acompanham, a equipa de basquetebol venceu o primeiro jogo da final do playoff por 75-67.

16:40 - Óquei Barcelos, 2 - Benfica 3.

Para os Benfiquistas que nos acompanham, a equipa de hóquei em patins garantiu a presença na final da Taça de Portugal.

16:00 - Castigados e lesionados das duas equipas.

O Benfica tem todo o plantel à disposição. O Marítimo, apesar de não ter jogadores castigados, não vai poder contar com três jogadores por lesão; são eles: Fernando Ferreira, Dyego Sousa e Edgar Costa.

15:00 - Antevisão feita por Jorge Jesus e Ivo Ferreira, treinadores dos dois clubes.

Jorge Jesus, treinador do Benfica, confessou esta 6ª feira que viveu uma semana atípica por não sentir a adrenalina que a pressão habitual dos jogos coloca, o treinador do Benfica confessou que até se sentiu "um pouco doente". Na habitual antevisão ao jogo, Jorge Jesus garantiu que o foco da sua equipa agora é o jogo a contar para o campeonato e não a Final da Taça da Liga. O treinador dos Encarnados diz que a sua equipa tem que ser profissional até ao fim apesar de todos os objetivos do Benfica no campeonato já estarem alcançados Houve ainda espaço para referir que existe a possibilidade de utilizar jogadores que não jogam com regularidade e que ainda não são Campeões Nacionais, caso de Paulo Lopes e Sílvio.

Ivo Vieira, treinador do Marítimo, disse em tom de brincadeira que a sua equipa vai tentar comer alguma parte do bolo da festa. O treinador dos Insulares encara este jogo como algo que pode servir de teste para a final da Taça da Liga e que que a sua equipa seja competente. Apesar de serem dois jogos diferentes, Ivo Vieira tem o desejo de vencer ambos embora saiba que o outro lado está uma excelente equipa que coloca muitos jogadores na frente. Apesar das dificuldades, o treinador do Marítimo garante que os seus jogadores estão bem preparados.

14:00 - A luta pela liderança da lista dos melhores marcadores da Liga NOS:

Jonas e Lima têm ainda possibilidade de ultrapassar Jackson Martínez do F.C. Porto na luta pelos melhores marcadores da Liga NOS. Jonas tem que marcar um hat-trick e Lima um póquer. Vamos ver mais logo como vai ser gerida toda esta situação. Uma curiosidade, se Lima ou Jonas fizerem um póquer tornam-se o primeiro jogador a conseguir tal feito frente ao Marítimo a contar para jogos do campeonato no Estádio da Luz. Foram muitos os jogadores que já conseguiram fazer um hat-trick frente à equipa Madeirense, são eles:

· Vítor Baptista (1977/78).

· Nené (1979/80).

· Mats Magnusson (1989/90).

· Rui Águas (1992/93).

· João Vieira Pinto (1995/96).

· Nuno Gomes (1998/99).

· Óscar Cardozo (2012/13).

13:00 - Confrontos entre as duas equipas no Estádio da Luz a contar para a Liga NOS - Benfica

Deixamos agora algumas curiosidades sobre o Benfica:

· O primeiro jogo aconteceu a 20 de Novembro de 1977 a contar para a época 1977/78. O Benfica venceu por 6-0 e Vítor Baptista fez um hat-trick.

· A maior goleada do Benfica aconteceu na época de 1985/86. O Benfica venceu por 9-0 e foram 6 os jogadores a marcar neste jogo. Bisaram Manniche, Carlos Manuel e José Luís, os restantes três golos foram apontados por Diamantino, Oliveira e Rui Águas.

· O Benfica só não fez golos ao Marítimo em duas ocasiões, na derrota por 1-0 em 1987 e num empate 0-0 em 1996.

· Esta é a terceira vez que Benfica e Marítimo se encontram na última jornada. Nas outras duas ocasiões o Benfica venceu por 5-1 (época 1995/96) e por 2-1 (época 1999/00).

· As equipas já se encontraram também por duas vezes no início do campeonato. Em 2002/03, o Benfica venceu por 3-0 e em 2009/10 o jogo acabou empatado 1-1. Nessa época o Benfica viria a ser campeão.

12:00 - Confrontos entre as duas equipas no Estádio da Luz a contar para a Liga - Marítimo

Este vai ser o 35º confronto entre as duas equipas e a vantagem pende em larga escala para a equipa do Benfica. Os Encarnados venceram 29 jogos e o Marítimo apenas um. Registaram-se ainda 4 empates entre as duas equipas. Ao longo da tarde vamos deixando aqui algumas curiosidades sobre estes confrontos. Comecemos pelo Marítimo:

· A única vitória do Marítimo aconteceu na época de 1987/88 por 1-0. Paulo Ricardo marcou o único golo da partida aos 59 minutos.

· O Marítimo esteve perto de vencer na Luz na época de 2005/06. A equipa insular chegou a estar a vencer por 2-0 mas Simão Sabrosa e Petit conseguiram fazer o empate nos últimos 10 minutos da partida.

· O jogo em que o Marítimo fez mais golos no Estádio da Luz ocorreu em 2004/05. O jogo chegou a estar empatado 3-3 até ao minuto 86 mas Mantorras marcou o golo que tirou ao Marítimo um ponto.

· Nesse jogo que terminou 4-3, Pena fez dois golos pelo Marítimo, foi a única vez que um jogador do clube Madeirense bisou no Estádio da Luz.

· O último ponto conquistado no Estádio da Luz por parte do Marítimo aconteceu logo na 1ª jornada da época de 2009/10. Alonso marcou para o Marítimo de grande penalidade mas a 4 minutos do fim Weldon empatou a partida.

10:30 - Sejam bem-vindos ao Estádio da Luz, onde hoje joga o campeão da época 2014/15, o Benfica, que festeja assim a conquista do 34º campeonato.

Antevisão do jogo:

Hoje estamos presentes no Estádio da Luz a acompanhar o jogo entre Benfica e Marítimo, jogo que vai servir de consagração aos Encarnados pela conquista do bicampeonato que já fugia há 31 anos e que representa o 34º título de Campeão Nacional da história do clube. O jogo de hoje vai servir somente para o Benfica cumprir calendário mas mesmo não tendo um interesse coletivo, tem um particular interesse individual. O Benfica vai procurar a vitória e tentar fazer com que Jonas ou Lima façam golos para ultrapassar Jackson Martínez na liderança da tabela de melhores marcadores do campeonato. Jonas precisa de fazer um hat-trick, Lima de um póquer.

O Marítimo não vem de certeza só participar na festa e já tem a Taça da Liga no pensamento. A possibilidade de chegar a um lugar Europeu é matematicamente impossível visto que o primeiro fator de desempate é o confronto direto entre as equipas; ou seja, caso o Nacional e o Marítimo vençam e o Belenenses empate ou perca, o Marítimo acabava no 6º lugar em igualdade pontual com o seu rival da Madeira mas perderia no confronto direto. Os resultados entre as duas equipas foram um empate 1-1 nos Barreiros e uma vitória do Nacional na Choupana por 3-0.

Jorge Jesus deve também dar oportunidade a outros jogadores menos utilizados e/ou que não tiveram ainda oportunidade de se estrearem no campeonato tais como Paulo Lopes, Sílvio e Mukhtar. Na cabeça do treinador do Benfica está certamente a final da Taça da Liga a disputar precisamente contra o Marítimo e pode assim fazer uma melhor gestão do plantel.

O Benfica ocupa a 1ª posição com 82 pontos conquistados fruto de 26 vitórias, 4 empates e três derrotas. A equipa da Luz possui ainda o melhor ataque da prova com 82 golos marcados e a segunda melhor defesa com 15 golos sofridos. Já o Marítimo está no 9º lugar da tabela com 44 pontos fruto de 12 vitórias, 8 empates e 13 derrotas. A equipa da Madeira tem 45 golos marcados e 41 sofridos. Fique connosco e vá acompanhando os dados e curiosidades que vão sendo publicadas até à hora do início da partida. #Primeira Liga Portuguesa