Além de John Guidetti, prioridade do Sporting para a frente de ataque, os leões têm mais um nome sonante em agenda para reforçar o meio-campo. Bryan Ruiz, médio costa-riquenho, em final de contrato com o Fulham, de Inglaterra, está referenciado pelo clube de Alvalade e, em breve, deverá ser formalizada uma proposta, de modo a antecipar-se à forte concorrência por um jogador que não acarreta custos de transferência.

A intenção do #Sporting, de resto, passa por contratar um nome sonante para a próxima temporada, de modo a fazer face à saída confirmada de Nani. Outro dos nomes que foram apontados a Alvalade foi Campbell, do Arsenal, num negócio que levaria William Carvalho para os gunners, mas o avançado, que também esteve na agenda do Benfica, não interessa aos leões.

Destaque na brilhante campanha da Costa Rica no último Mundial, ao lado do guarda-redes Keylor Navas e do médio Celso Borges, Bryan Ruiz, que na última temporada esteve cedido pelo Fulham ao PSV, de Inglaterra, tinha tudo acertado para rumar ao Levante, de Espanha, no último mercado de inverno. A inscrição, contudo, não chegou a tempo e o Fulham ficou com um problema em mãos, uma vez que o médio de 29 anos passou, a partir de janeiro, a ter nas mãos a possibilidade de decidir o futuro, a custo zero.

Contratado ao Twente, da Holanda, em 2011, por nove milhões de euros, Bryan Ruiz leva esta temporada 32 jogos e cinco golos pelo Fulham. Depois de uma fase menos positiva, que terminou com a saída do anterior treinador, Kyt Simmons, o costa-riquenho voltou a ganhar preponderância com a chegada do alemão Felix Magath ao comando técnico, muito embora o 17.º lugar que o Fulham ocupa no Championship, segundo escalão inglês, esteja longe de agradar à direção do clube londrino. A ordem, pois, é emagrecer a longa lista salarial para a nova época.

O Sporting terá concorrência forte na intenção de contratar Bryan Ruiz. Além do Levante, que mantém o médio debaixo de olho, também o Málaga, igualmente de Espanha, Besiktas (Turquia) e Werder Bremen (Alemanha) têm recolhido notas sobre o jogador.

Um dos principais entraves, de resto, prende-se com o atual vencimento do jogador. Ao que foi possível apurar junto de fonte próxima do Fulham, Bryan Ruiz, apesar de jogar no segundo escalão do #Futebol inglês, ganha cerca de 30 mil euros semanais em Craven Cottage, valores proibitivos para os cofres de Alvalade, mas que poderão encontrar correspondência num campeonato como o espanhol ou o alemão.