O #Benfica venceu a sua sexta Taça da Liga, batendo na final o Marítimo por 2-1, e esta conquista permite-lhe destacar-se do FC Porto como o clube com mais títulos oficiais do #Futebol português. Os encarnados totalizam agora 75 conquistas contra 74 dos portistas, registando seis troféus nas duas últimas épocas (2 Campeonatos, 1 Taça de Portugal, 2 Taças da Liga e 1 Supertaça).

A rivalidade entre Benfica e FC Porto tem marcado o panorama futebolístico nacional, principalmente depois de os azuis e brancos terem conseguido quebrar a hegemonia das águias, sob o comando de Pinto da Costa. Desde 1982-83 os dragões conquistaram 58 provas oficiais e, na época 2010-11, conseguiram suplantar o Benfica em número de títulos (70-68). Nas duas épocas seguintes alargaram a vantagem para 74-69 e pareciam lançados para uma liderança duradoura do futebol português, no entanto, com duas temporadas sem títulos (facto inédito com Pinto da Costa no comando), vêem-se novamente ultrapassados pelo grande rival.

Desde os primórdios do futebol em Portugal que Benfica e FC Porto, em conjunto com o Sporting (totaliza 45 títulos), vêm conquistando títulos e enriquecendo os seus museus com troféus nacionais e internacionais. A primeira prova de âmbito nacional, o "Campeonato de Portugal" (disputado entre 1921-22 e 1937-38) é um bom exemplo e permitiu ao FC Porto arrecadar 4 vitórias (as mesmas que o Sporting) e ao Benfica 3 triunfos. Belenenses (3 vezes), Olhanense, Marítimo e Carcavelinhos também venceram a prova.

Na época de 1934-35 iniciou-se a disputa do campeonato nacional nos moldes que ainda duram, assumindo-se como a principal prova do desporto rei em Portugal. Com diversas designações, desde "Campeonato da Liga da Primeira Divisão", passando por "Campeonato Nacional da Primeira Divisão" até à actual "Primeira Liga", conta 81 edições e conheceu apenas 5 vencedores: Benfica (34), FC Porto (27), Sporting (18), Belenenses e Boavista.

A Taça de Portugal foi disputada pela primeira vez em 1938-39, com vitória da Académica de Coimbra, e terá neste domingo a sua 75ª final, a disputar entre Sporting e Sporting de Braga, com os leões a procurem igualar o FC Porto com 16 troféus e os arsenalistas a tentarem repetir a vitória de 1965-66. A prova é, igualmente, dominada pelo Benfica, com 25 vitórias no seu palmarés.

No final da década de 1970 foi criada a Supertaça Cândido de Oliveira que, no início de cada época, opõe o campeão ao vencedor da Taça da temporada anterior. A prova reveste-se de alguma peculiaridade dado que se disputa numa fase muito precoce, não permitindo, muitas vezes, que os oponentes se apresentem na sua melhor forma. Fruto das múltiplas vitórias em campeonatos e Taças, o FC Porto é o grande dominador da prova com 20 títulos, seguido do Sporting com 7 e do Benfica com 5.

A Taça da Liga é a prova mais recente do calendário e nas oito edições disputadas viu o Benfica erguer o troféu em seis ocasiões, feito também alcançado por V Setúbal e Sporting de Braga. FC Porto e Sporting, sem qualquer registo de sucesso, têm assumido postura de menor interesse na prova.

A nível internacional, o FC Porto regista 7 títulos contra 2 do Benfica e 1 do Sporting e os seus adeptos têm utilizado esses feitos como exemplo do predomínio dos dragões sobre a concorrência.

Com os benfiquistas em festa resta saber o que o futuro trará em relação à manutenção dos treinadores, às saídas de jogadores e às tão desejadas contratações para que ambos os clubes continuem a lutar pelo "campeonato dos títulos". #F.C.Porto